A crucificação de Gloria Kalil

Texto de Gloria Kalil publicado originalmente no Chic.
.

Quadril

Outro dia mostrei aqui uma moça sem noção que estava no mesmo avião que eu com um sutiã aparecendo, com alças torcidas e fora do lugar. Hoje tem mais uma.

Que eu saiba, ninguém escolhe uma roupa com a finalidade de se botar para baixo. No entanto, você vê nas ruas pessoas usando peças que mostram tudo o que elas têm de mais complicado, como se fizessem questão de piorar o que já não é grande coisa.

Andando por uma das grandes avenidas de São Paulo, vi na minha frente uma mulher com um dos maiores quadris que já vi na minha vida. Pois sabem o que ela estava vestindo? Um vestido curto de malha rosa claro, bem justo, sem forro nenhum!

Se ela tivesse escolhido o mesmo modelo em um tom escuro (azulão, verde fechado, preto) e a saia tivesse mais 10 centímetros no comprimento, ela estaria perfeitamente bem.

Será que essa mulher não tem uma amiga, uma irmã ou um espelho para impedir que ela cometa essa maldade com ela própria?

o post tem + de 130 comentários e, como sempre acontece na blogosfera, boa parte deles são ataques pessoais à articulista. até agora ninguém se lembrou da Cleycianne afirmando que existe o “encosto da obesidade”…

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for A crucificação de Gloria Kalil

Deixe o seu comentário