Site lista 7 motivos para você não comprar um iPad 2

Texto publicado originalmente no Terra

Uma das grandes novidades do iPad 2 é a capa magnética dobrável. Foto: Divulgação O iPad 2 mal foi lançado nos Estados Unidos e já tem gente listando motivos para as pessoas não comprá-lo, como o Huffington Post. Analistas de mercado dizem que o dispositivo irá vender mais do que seu predecessor, mas, de acordo o site norte-americano, ainda assim, você não precisa se apressar, afinal, ele pode nem ser tudo isso. Leia abaixo as sete razões do Huffington Post para você não comprar um iPad 2 e reflita:

1 – Ele pode se tornar obsoleto logo: Um dia antes do lançamento do iPad 2, um funcionário anônimo da Apple teria dito que a segunda geração de tablets da marca será ofuscada não por um concorrente, mas pelo suposto iPad 3. “A terceira geração do iPad é a única para se fazer uma dança e uma música a respeito”, teria dito esse empregado à Cult of Mac. Alguns rumores indicam que o iPad 3 poderia ser lançado neste outono.

2 – Não há opção 4G: Com a AT&T e a Verizon atualizando suas redes para os padrões mais recentes de wireless, parecia mais provável que a Apple lançasse seu iPad 2 como um dispositivo 4G. Mas, tal qual a primeira, a segunda geração do tablet da Apple é equipada apenas com 3G. Enquanto isso, rivais como o BlackBerry PlayBook, o Motorola Xoom e o T-Mobile G Slate foram construídos para suportar uma rede 4G.

3 – Planos de dados complexos: Nos EUA, se você optar por um iPad 2 3G, deverá escolher entre a AT&T e a Verizon e seus complexos planos de dados capazes de dar um nó na cabeça de qualquer consumidor. “Determinar quanto como você pagará depende muito da quantidade de dados que você acha que vai usar”, explica o CNNMoney.com. Nos tempos do primeiro iPad, a AT&T oferecia um plano de dados ilimitado, mas essa opção já foi extinta, é óbvio. Se você é um cliente antigo do plano ilimitado com iPad, a operadora permitirá que você transfira seu antigo plano para o iPad 2. Mas se você é um cliente novo, tanto da AT&T quanto da Verizon, não espere encontrar um plano de dados ilimitados em nenhuma das duas.

4 – É grande para um e-reader: Com a sua biblioteca ainda incipiente e insignificante, chamada de iBook, o iPad 2 entra no território de e-readers como o Amazon Kindle, que segundo as previsões da Forrester, será o único dispositivo capaz de competir com o iPad em 2011. Entretanto, algumas resenhas sobre o lançamento da Apple, como a de Walt Mossberg no All Things D e a do The Wall Street Journal consideram o tablet muito incômodo para segurar e ler. “Apesar de ser mais fino e mais leve, o iPad 2 tem aproximadamente o mesmo comprimento e largura do original, portanto, não pode competir com o Kindle, da Amazon, ou com tablets menores que sete polegadas, especialmente se você está tentando fazer malabarismo de pé em um metrô lotado”, disse Mossberg.

5 – Câmeras abaixo do nível: Ainda que o iPad2 venha equipado com uma câmera frontal e outra na parte de trás, a Apple não pode se vangloriar da resolução de suas webcams. Na verdade, as especificações das câmeras no site da marca são vagas. Muitos que escreveram sobre o tablet disseram que as novidadess produzem vídeos com qualidade medíocre e fotos pobres. John Topolsky, do Engadget, disse que a Apple fez o mínimo necessário no que diz respeito às câmeras, e que está desapontado por essas câmeras serem tão ruins.

6 – O preço: É impressionante que a Apple tenha sido capaz de incorporar novos recursos ao iPad 2 e lançar seu tablet com o mesmo preço da primeira geração, mas ainda assim, esse valor não é acessível a todos. Assim como o primeiro iPad, a segunda geração é mais um acessório do que um substituto de um dispositivo básico da computação. Mesmo que seja mais barato do que alguns competidores, como o Motorola Xoom, muitos consumidores em potencial pode hesitar em adquirir por um preço mínimo de US$ 500 um dispositivo cujas funções ultrapassam as de um e-reader, mas que não chegam às de um laptop.

7 – Não suporta Flash: Como outros dispositivos da Apple, o iPad 2 não suporta o Adobe Flash Player, o que significa que o tablet irá carregar muitos sites parcialmente e que você não jogará qualquer coisa baseada em vídeos em Flash. Se você não consegue viver sem seu Vevo ou seu Hulu, poderá baixar aplicativos como o Skyfire e iSwifter para assistir vídeos em Flash no seu iPad 2. Vale lembrar que, no que diz respeito à concorrência, a Motorola já anunciou um software de atualização para transformar seu tablet Xoom em um dispositivo que suporta Flash.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Site lista 7 motivos para você não comprar um iPad 2

Deixe o seu comentário