Orações, louvores e tristeza durante enterro de evangélica vítima de atirador

Publicado originalmente pelo IG

No velório de Larissa Atanásio, as amigas Jéssica Ferreira (que segura uma foto) e Daniele Barbosa (blusa branca) lembraram dos sonhos da vítima

Ao som de louvores evangélicos, foi enterrado no final da manhã desta sexta-feira (8) o corpo da adolescente Larissa Santos Atanásio, de 13 anos, no cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, na zona oeste do Rio de Janeiro. Ela é uma das vitimas do atirador Wellington Oliveira, que ontem invadiu a Escola Municipal Tasso de Oliveira, em Realengo, também na zona oeste e atirou contra os alunos.

Durante o sepultamento, o clima foi de muita tristeza e consternação.

O irmão mais velho de Larissa, Felipe Atanásio, fez uma oração levando os familiares e amigos às lágrimas. “Assim que a minha irmã foi batizada ela virou uma militar. Não do Exército, da Aeronáutica e da Marinha e sim de Cristo. Agora ela vai para as fileiras celestiais e vai subir de patente”, disse o jovem, que frequenta, assim como a família, uma igreja presbiteriana.

Amigos cantaram um trecho do hino do Vasco da Gama, clube de futebol que ela torcia. Uma carta da avó, que estava muito emocionada, também foi lida.

Alguns lembraram dos sonhos da jovem. “Ela era sempre muito alegre e amiga. Conversava sempre com todo mundo. Tirava boas notas e queria seguir o sonho de ser modelo”, disse chorando Jéssica Ferreira, de 15 anos, amiga de infância da vitima.

“A Larissa já tinha até iniciado o curso para seguir a profissão e fez alguns desfiles”, completou outra amiga da vítima Daniela Barbosa.

Mariana Rocha de Souza, de 12 anos; e de Milena Nascimento foram sepultados no Cemitério do Murundu, em Padre Miguel, na zona oeste, às 11h. No momento desses enterros, um helicóptero da Polícia Civil sobrevoo o local e realizou homenagem às vítimas jogando pétalas de rosas.

Leia AQUI a reportagem sobre o outro evangélico da turma

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Orações, louvores e tristeza durante enterro de evangélica vítima de atirador

Deixe o seu comentário