Cineasta afirma ter achado os pregos usados na crucificação de Jesus

Simcha Jacobovici é um cineasta canadense que está lançando dia 20/04 um documentário sobre a crucificação de Cristo. Sua maior descoberta, garante ele, foram dois dos pregos de 8 centímetros supostamente usados na cruz quase 2000 anos atrás.

Todos os detalhes dessa “descoberta” podem ser vistos em The Nails of the Cross [Os pregos da Cruz], que pretende mostrar, através de testemunhos de especialistas e documentos, que os pregos apresentados por ele são mesmo os que prenderam Jesus.

“O que estamos mostrando ao mundo é o melhor argumento arqueológico existente sobre dois dos pregos da crucificação que foram encontrados. Se eu estou 100% seguro que são legítimos? Bem, ainda não”, explica Jacobovici.

Seu filme revela que eles estavam num túmulo em Jerusalém, que teria pertencido ao sumo-sacerdote Caifás, mencionado na Bíblia como um dos responsáveis pela morte de Jesus, tendo-o julgado e entregado aos romanos. O túmulo de Caifás foi descoberto em 1990 e nele se encontravam ossadas não identificadas além de alguns objetos. O professor Israel Hershkowitz, pesquisador de bio-história teve acesso aos pregos e explica: “Baseados no tamanho, forma e condições dos pregos, é possível que tenham sido usados em uma crucificação”.

No documentário, Jacobovici insiste em ressaltar as semelhanças entre os pregos que ele encontrou e um única relíquia de uma crucificação reconhecida pelos estudiosos: “Eles estão tortos, como o único prego que aceita-se ter sido usado numa crucificação. Eles têm a cabeça arredondada, e são grandes o suficiente para furar as mãos. Temos assim um conjunto de provas”.

Mas nem todo mundo está convencido de sua veracidade. O professor Dan Bahat, arqueólogo especializado em relíquias do início do cristianismo explica: “Pregos são uma descoberta bem comum… Não deveriam chamar tanta atenção assim”.

A Autoridade de Antiguidades de Israel, órgão responsável por supervisionar escavações, alerta que muitos pesquisadores alegam constantemente terem encontrado objetos, incluindo pregos e até mesmo ossadas do tempo de Jesus.

“Sem dúvida Simcha Jacobovici fez um filme muito interessante, com um verdadeiro achado arqueológico. Mas a interpretação dele não serve como prova de autenticidade”, afirmou um porta-voz da Autoridade

Muitos acusam Jacobovici de estar criando um golpe publicitário para promover seu novo filme. Afinal, o cineasta ganhou fama alguns anos atrás com outro documentário: O Sepulcro Esquecido de Jesus., além de ter produzido a série Segredos do Cristianismo. Atualmente ele produz e apresenta uma série de TV chamada The Naked Archeologist.

Porém, seu currículo não pode ser ignorado. Ele ganhou dois prêmios Emmy de Excelência em Jornalismo Investigativo (1996 e 1997), uma Medalha de Ouro do Festival Internacional de Documentário de Nyo); um certificado de Mérito Especial da Academy of Motion Picture Arts and Sciences, de Los Angeles; um prêmio Genie; três U.S. Cable Ace; dois prêmios Gemini; e um prêmio Dupont da Columbia University.

Agência Pavanews, com informações de Telegraph e AOL News

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Cineasta afirma ter achado os pregos usados na crucificação de Jesus

Deixe o seu comentário