Ateus têm vida sexual melhor do que religiosos

Texto de Silvia Amélia publicado originalmente na Gloss

Uma pesquisa realizada pela Universidade do Kansas, nos Estados Unidos, concluiu que ateus vivem o sexo com mais prazer. O motivo é simples: eles sentem menos culpa. Para fazer a pesquisa foram selecionadas 14,5 mil pessoas com vida sexual ativa de diferentes religiões e também ateus e agnósticos – aqueles incapazes de afirmar ou negar a existência de Deus. Indivíduos de todos os grupos afirmaram recorrer a pornografia, masturbação e sexo oral para incrementar a vida sexual, porém os religiosos sentem culpa durante e muitos dias depois pela “perversão”.

Em uma escala de 0 a 10, os mórmons são os que mais apresentam culpa pelo sexo, com pontuação 8,19. Seguidos pelos Testemunhas de Jeová, evangélicos pentecostais, adventistas do Sétimo Dia e batistas. Os católicos tiveram pontuação de 6,34 e os ateus, 4,71. Os agnósticos foram os penúltimos, com 4,81. Ex-cristãos que abandonaram sua igreja e se tornaram ateus disseram que agora têm mais prazer durante o sexo.

A pesquisa ainda aponta que 22,5% das pessoas que cresceram em famílias bastante religiosas tem vergonha de se masturbar. Entre quem não teve tanto contato com a religião o índice foi de apenas 5,5%.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Ateus têm vida sexual melhor do que religiosos

Deixe o seu comentário