Gene Simmons: “Estou apenas fazendo o trabalho do Senhor”

Gene Simmons, do Kiss, tem perspicácia para os negócios e se mostra um dos maiores reacionários da história

Texto de Barbara Gancia publicado originalmente na Folha.com

Descobri que o linguarudo do grupo Kiss, Gene Simmons, tem muito da apresentadora Ana Maria Braga.

Em ambos os casos, é a perspicácia para os negócios que faz a vontade de aparecer se manifestar, seja na forma de roqueiro satânico ou de dona de casa eficaz.

O que importa é que, no fim do dia, eles acabam usando seu verdadeiro talento: amealhar dinheiro para ir cantarolando até o banco depositar mais uma bolada.

Sempre pensei que não sobrasse mais nada à direita de Sarah Palin. Mas estava enganada. A visão de Gene Simmons sobre os direitos dos trabalhadores o coloca no hall da fama dos maiores reacionários da história.

Mas, no fim das contas, o leão é manso, divertido e só ruge quando as luzes do palco ou das câmeras acendem.

O reality show “Gene Simmons: Joias de Família”, protagonizado pelo baixista do grupo, que continua em atividade, e sua família, passou para o canal The Biography Channel, que o apresenta às segundas, às 21h.

Tem alguma dica sobre como enriquecer, já pensou em investir seu dinheiro no Brasil?
Sim, investiria na indústria petrolífera, na Petrobras. Investiria algum dinheiro nisso porque vocês são novos, a presidente é muito agressiva e inteligente, do jeito que um capitalista deve ser. Por isso estão indo bem.

Você faz negócios na China há anos. Seu amigo Donald Trump agora chama a China de “inimiga”. O que você pensa dos chineses?
Bem, eles têm uma vantagem: é um sistema semicapitalista, mas ainda estamos falando de um governo comunista. Os sindicatos não existem lá, então eles têm essa vantagem.

Numa sociedade capitalista democrática você tem sindicatos, e eles encarecem a mão de obra. Nós temos planos de aposentadoria e planos de férias de 15 dias e planos de gravidez, e o empregador tem que pagar por tudo isso. Na China, quem emprega não paga por nada disso.

Por isso eles podem criar o mesmo produto -às vezes com a mesma qualidade- por um décimo do preço.

Em 2010 você declarou que lamentava ter votado em Obama. Agora que Bin Laden está morto, ainda sente esse arrependimento?
Não. Vou votar nele de novo porque o que ele fez foi combinar um ponto de vista semissocialista com uma política externa muito proativa, que é ir atrás dos terroristas.

O que ele fez ali foi atravessar fronteiras e infringir as leis internacionais, mas às vezes, é preciso fazer isso para pegar o bandido.

Ao lado de Condoleezza Rice e Donald Trump, você talvez tenha o pior cabelo dos EUA e Canadá. Sendo um empreendedor de sucesso, como se explica que você ainda não tenha comercializado um produto para pessoas de cabelo ruim?
Sabe, estou tentando pensar em uma resposta engraçada, mas a verdade é que tenho cabelo ruim, sim. Essa é a resposta. O cabelo ruim é mais um assunto para conversas, as pessoas falam sobre isso. Em última análise, é isso que você quer. Você não quer sumir no meio da multidão, você quer se destacar nela, custe o que custar.

Imagino que quando você e Ozzy Osbourne se encontram a conversa gire em torno do fato de sua mulher ser mais bonita do que a dele…
Para começo de conversa eu nunca fui casado. Estou com Shannon há quase 25 anos -não, 28-, mas a gente nunca se casou. Conheço Ozzy há 35 anos, mas temos filosofias de vida diferentes.

As pessoas sempre dizem que a filha de Ozzy que se recusou a participar do reality show é a mais inteligente.
Não acho que seja a mais inteligente. Acho que ela cometeu um erro, e digo isso porque ela é a desconhecida.

Mas talvez ser rica e desconhecida seja melhor, não?
Acho que está claro que, quando você tem certa fama, isso lhe abre portas, faz com que lhe seja um pouco mais fácil ganhar dinheiro.

É verdade que ao longo de sua vida você já transou com mais de 4.600 mulheres? Mais do que o Magic Johnson.
Qual foi esse número que você falou? 4.000?

Sei lá, 8.000, um número absurdo que estava na internet.
É verdade. Nós, heterossexuais, temos a tendência a fazer isso. A vida vale a pena ser vivida. Quando você vai a um restaurante e toda a comida está à sua frente, algumas pessoas comem apenas uma ou duas bocadas, mas outras comem a comida toda. Depende do seu apetite.

No seu reality show você vive com problemas com seu peso. Se você quiser, posso dar um jeito de você conhecer um bom cirurgião brasileiro. O convite lhe atrai?
Claro que sim, mas eu já fiz um “lifting” facial. Vocês vão ver tudo isso no seriado. Filmamos a operação inteira e vai passar na TV.

De todas as dores da velhice, de quais você reclama?
Não, a única coisa que preocupa todo homem é se a ferramenta dada por Deus, o cajado da integridade, não funciona. E a minha funciona muito bem. Se você olhar para isso desde a perspectiva bíblica, a Bíblia nos diz “espalhai vossa semente”. Estou apenas fazendo o trabalho do Senhor.

Entendo. E quando foi a última vez que você mordeu a língua?
(Ri). Toda vez que começo a falar.

foto: Andrew Gombert/Efe

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Gene Simmons: “Estou apenas fazendo o trabalho do Senhor”

Deixe o seu comentário