Venda ilegal de órgãos circula pela internet

Publicado originalmente por Fernando Granato em O Diário de São Paulo

Em mais de 7 mil anúncios postados na rede, pessoas oferecem seus órgãos em troca de dinheiro fácil, num comércio ilegal e de alto risco. O mais negociado na rede é o rim

Uma cicatriz de 40 centímetros, dinheiro no bolso e nada mais. Essa expectativa de ganho fácil, sem maiores consequências, leva centenas de pessoas a venderem seus próprios órgãos corporais num comércio ilegal e macabro, que é cada dia mais frequente na internet. O DIÁRIO pesquisou diversos sites e encontrou histórias desconcertantes, como a de uma paulistana de 32 anos, que anuncia seus órgãos como quem vende qualquer produto: “Vendo rim, medula óssea, fígado e pulmão. Urgente!”

No anúncio, a moça, que diz ser uma pessoa “madura, equilibrada e sensata”, explica sua situação:
“Lamento tratar desse assunto tão delicado como uma barganha, mas minhas complicações financeiras ….enfim ….Tenho muita urgência. Estou realmente decidida ! Então, reitero: contatar somente pessoas interessadas e objetivas. Meu perfil: sangue A positivo, sou branca. Tenho 32 anos. Não fumo. Nunca fumei. Não bebo absolutamente nada (seja cerveja, licor, champanhe.. enfim: qualquer tipo de bebida com álcool: NÃO BEBO ! ) Alimentação saudável (fibra, legumes, frutas etc.).  Não como carne vermelha há pelo menos oito anos. Não tenho filhos. Não faço nem nunca fiz uso de drogas não lícitas. Não tomo nenhuma medicação, nem anticoncepcional. Meu ciclo menstrual é regular. Realizei check-up completíssimo recentemente, em um centro de diagnósticos muito bem conceituado aqui em SP, que é inclusive referência no país! (tudo ok ).Tenho saúde plena !!!!! Sempre fui muito cuidadosa !!!!!”

Mais para frente, parte para assuntos  práticos. Diz que tem disponibilidade para viajar, pretende receber 60% no acerto e os demais 40% antes da cirurgia, tudo adiantado.

Custos
Nos anúncios verificados pelo DIÁRIO, um rim chega a ser comercializado por R$ 150 mil. Há casos curiosos, como o de um rapaz de 21 anos, que afirma vender o órgão “barato”, por R$ 50 mil. Em seguida, as explicações: “Não fumo e não uso drogas. Sou sano e estou sujeito a realizar todas as provas de compatibilidade. Negócio preço a custo baixo porque tambem quero ajudar.”

O DIÁRIO  conversou com três pessoas que pretendem vender seus órgãos pela internet. Um deles disse que  esteve desempregado por dez anos, acaba de arranjar trabalho mas mesmo assim ainda aceita negócio, “para fazer um pé de meia para o futuro”.  Outro, contou sofrer de uma doença crônica, a osteomielite (uma infecção óssea). Por isso precisaria  de dinheiro para se tratar e tem a intenção de vender  um rim. O terceiro foi taxativo: “Esse anúncio é antigo. Hoje  tenho 29 anos, mas continuo saudável e querendo vender um rim.”

A delegacia responsável em apurar crimes cometidos pela internet informa que não há nenhum inquérito em andamento envolvendo a venda de órgãos humanos pela web. A Lei Federal 9.434, de 1997, prevê pena de reclusão, de três a oito anos, para esse crime.

No Brasil, pessoas vivas podem doar um dos rins, parte do fígado, parte da medula óssea e parte do pulmão. Pela lei, parentes até o quarto grau e cônjuges podem ser doadores. Não parentes só podem ser doadores com autorização judicial. Na prática, entretanto, isso nem sempre funciona.

Nancy Scheper-Hughes, antropóloga americana da Universidade da Califórnia (EUA), trabalhou mais de dez anos no Brasil investigando denúncias sobre o tráfico internacional de órgãos. Num livro que escreveu sobre o tema, ela enumera casos em que a lei foi desrespeitada. “Os médicos dizem que de vez em quando chegam duas pessoas que dizem ser primas. O interessante é que a que recebe o órgão é de classe alta. A que doa usa sandálias de plástico e vem da área rural. Os cirurgiões dizem que não são responsáveis se eles mentem”, afirma.

Policia descobriu esquema internacional
A Polícia Federal desarticulou, em 2003, na chamada Operação Bisturi, um esquema internacional que rendeu  aos traficantes internacionais mais de US$ 4 milhões. Eles pagavam, em média, US$ 6 mil  pelos rins de pessoas pobres, no  Recife, que eram abordadas em áreas da periferia da cidade.

100
brasileiros venderam órgãos no esquema

Brasileiros eram operados na África
Os brasileiros eram transportados até a África do Sul e lá, operados. Seus órgãos eram transplantados para pacientes de Israel, que pagavam até US$ 120 mil, 20 vezes mais do que os pernambucanos recebiam. Os traficantes respondem processo na África do Sul.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Venda ilegal de órgãos circula pela internet

24 Comentários

  1. Manoelleandro disse:

    eu tb quero saber ? de algum site

  2. Fabiananamur disse:

    vc achou algum site estou querendo vender o meu.

  3. Mocatis disse:

    quero vender alguem quer comprar…

  4. Mocatis disse:

    se souber de algum site ou alguem interessado me avise… 

  5. gey disse:

    Kero vender um rim interessados contatar no mail polilua@hotmail.com

  6. Wanda Sor disse:

    quero vender  rim e medula
     

  7. Cbr-rr disse:

    eu quero vender qualquer um dos orgãos

  8. Smoking disse:

    troco meu olho direito (azul claro) por 1kg de maconha. interessados entrem em contato

  9. Andressa disse:

    Vocês são uns DOENTES que querem ganhar
    Dinheiro vendendo seus órgãos!!
    Porque vcs ñ ajudam as pessoas q precisam De transplante pessoas q estão em filas esperando por um órgão e q as vezes até morrem esperando!!!!

    • luna disse:

      qur saber ao invez de criticar doe o seu.

    • Douglas disse:

      Olha, não saia por aí criticando os outros. A vida, assim como o corpo, é de cada um para se tratar como quiser. Você trabalha de graça? Ou no mínimo faz campanha de alguma coisa em prol de alguem? Se sim, te dou os parabéns! Se não, tome iniciativa ao invés de ficar aqui praticando sua hipocrisia.

  10. erika portela disse:

    Eu jamais venderia meus órgãos e vcs enves de vender doem pq dessa maneira vcs vao estar salvando vidas!!!!! fica a dica.

  11. Denilson lima disse:

    E uma pena uma pessoa se sujeita a isso
    Nao venda seus rins.
    Boa noite!

  12. rubem disse:

    dôo meu esperma,mas a receptora tem de ser loura bonita e gostosa e o método tem de ser natural…nada de inseminação….

  13. Fabio disse:

    Galera desistam de tentar encontrar compradores pela Internet, são todos golpistas, mortos de fome, a maioria da Africa, ansiosos por qualquer 100 dólares, cuidado principalmente com um tal de JIGSY.TRANSPLANT@QQ.COM!!!! São os PIORES! Fazem todo o processo, parecem até ser confiáveis, pois te dão atenção o tempo todo, não pedem dinheiro no começo, mas o golpe deles é no final – mandam um print de um documento de um banco intermediário de Londres que parece ser bem verdadeiro, enganou até o gerente do banco, em nome de um tal de OLIVIER AGBO! Quando você vai ver se realmente existe esse dinheiro, dá como bloqueado no banco, aí eles pedem 600 Euros para o advogado deles resolver o problema Kkkkkk levaram 20 dias tentando me enrolar e eu fui até o fim para ver até onde esses miseráveis iam! No fim ainda me chamaram de golpista porque eu falei que nunca ia depositar esse dinheiro para eles!!! Esqueçam, aki é um antro de golpistas vocês devem procurar um médico por aki mesmo que aceite fazer isso, ok?

    • Carol disse:

      Pura verdade o que o Fábio disse!! Eles estaram em contato comigo o tempo todo por e-mail e no final disseram que o dinheiro estava bloqueado no banco , aí fui até meu banco e era tudo mentira e ainda mandaram um depósito em meu nome.
      JIGSY.TRANSPLANT@QQ.COM!!!! São os PIORES!

    • Pedro GASTALHO disse:

      O Fabio está com razão, eu fui vítima desses golpistas, no começo pediram para eu fazer os exames de sangue, urina e Aids, fiz particular para liberar os resultados logo, enviei para eles, depois mandaram para mim uma ficha de registro, fiz, depois mandaram uma ficha com o nome National Living Donor Assistance Center, ficha enorme, preenchi, depois mandaram um formulário da jigsy surgical center, preenchi, depois mandaram uma ficha de cadastro do banco, fiz, fiquei até empolgado porque eu iria pagar as minhas dívidas, mandaram para mim, um depósito falso, transferencia, pediram para eu mandar 1.700 euros para liberação burocrática do banco, nossa, eu estava empolgado, parecia tudo real, mas depois veio a decepçao maior, fiquei ansioso achando que iria resolver todos os meus problemas financeiros, fiquei decepcionado e em depressão, são malditos e mafiosos, que enganam a gente, a Carol também está com razão, golpistas esses são os piores, JIGSY.TRANSPLANT@QQ.COM, não cai na deles , GALERA! Abraços

    • Joel disse:

      Verdade a varios realmente eu mesmo ja fui comtactado por alguns cuidado pessoal abre o olho

  14. Kamilady disse:

    Isso é sério mesmo ?? As pessoas falam de forma tão natural em vender órgãos que até parece piada ! Deixam de se preocupar com a própria vida por dinheiro – indivíduos capitalistas são pessoas burras, incultas e ignorantes não sabem o risco que correm. Uma hora da vida este dinheiro acaba e o que mais vão se matar aos poucos “se vendendo” e além do mais o mercado negro ganha muito mais muito mais dinheiro em cima da merreca que o indivíduo vendeu para eles. E mesmo se for vender para uma pessoa em particular que está precisando não é bem assim – não é qualquer rim que tem compatibilidade com um organismo diferente. Pensem em doar, não indo para o lado da religião mas sim porque nascemos em um corpo perfeito em ótimo funcionamento e vocês que querem vender órgãos por exemplo um rim por questões financeiras pode ser que dê certo – porém numa hora o único rim que sobrou pode ter complicações e como vocês venderam para conseguir dinheiro não poderam comprar um rim e terão que esperar na fila de doações para um doador com compatibilidade surgir. Tenho 19 anos e sou candidata a doar minha medula óssea, porém não doei ainda porque as chances de compatibilidade são de 1%.
    Isso tudo que escrevi não foi uma crítica, e sim uma reflexão.

    • Joel disse:

      Todos sao adultos e sabem dos riscos criticar e facil mas ninguem ta nem ai com nimguem entao vamos parar de falsa moralidade o mundo e captalista bc vale oque tem vai no mercado sem dinheiro pra ver a nessecidade obriga as passoas a faseren isso nao critique cada um com seu problema

  15. Lucas disse:

    Picareta esse

Deixe o seu comentário