Blogueira é multada e pode ser presa devido a postagem com opinião negativa

O juiz entendeu que a blogueira não poderia ter criticado comida de restaurante

Agência Pavanews, com informações de FoodBeast e Taipei Times

O Supremo Tribunal de Taichung, Taiwan nesta condenou esta semana um blogueiro que reclamou de um restaurante classificando o macarrão servido como “muito salgado”. Serão 30 dias de detenção e dois anos de liberdade condicional. Além disso pagará NT $ 200.000 [cerca de 12 mil reais] como compensação para o restaurante.

Uma blogueira taiwanesa, de sobrenome Liu, escreve sobre diversos assuntos, incluindo comida, saúde, design de interiores e matérias sobre estilo de vida – e já recebeu mais de 60.000 visitas em seu site este ano.

Depois de visitar um  restaurante de Taichung em julho de 2008, onde pediu macarrão com carne bovina (chow mein) e acompanhamentos, Liu escreveu que a comida servida era muito salgada, o local era insalubre, pois havia baratas no local, e o proprietário deixava os clientes estacionarem de maneira desordenada, atrapalhando o trânsito.

O proprietário do restaurante, de sobrenome Yang, ficou sabendo sobre o blog se Liu por um cliente e apresentou queixas formais, acusando-a de difamação.

O Tribunal Distrital de Taichung entendeu que as críticas de Liu ao restaurante “ultrapassaram os limites” ​​e a condenou a 30 dias de detenção. O advogado da blogueira  já entrou com recurso para evitar que ela seja presa.

Ironicamente, o veredito afirma também que a menção sobre as baratas no local é apenas uma narração dos fatos, não uma difamação intencional.

O juiz concluiu que Liu não poderia ter criticado a comida servida pelo restaurante como sendo “muito salgada”, porque ela só provou um dos pratos em sua única visita.

Funcionários da vigilância sanitária inspecionaram o restaurante e não entendem que as condições eram tão insalubres como Liu havia descrito. Sendo assim, ela terá de pagar a multa de NT$ 200.000 ao proprietário por conta de lucros cessantes do estabelecimento que alega ter perdido clientes por conta do blog.

Liu pediu desculpas formais ao restaurante em seu blog, mas a decisão do tribunal é final e não cabe mais recurso.

O senhor Yang disse que abriu o processo porque não aceitou os comentários negativos sobre seu restaurante e espera que o caso ensine uma lição à blogueira.

Huang Cheng-lee, um advogado de Taichung, pediu que os blogueiros que postam comentários sobre alimentos devem “sempre ser honestos em seus comentários e completar os posts com fotos para se proteger”.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Blogueira é multada e pode ser presa devido a postagem com opinião negativa

Deixe o seu comentário