Kaká: “Deus tem muito mais daquilo que nós pedimos ou pensamos”

Publicado originalmente na Caras

No início de junho, ao participar do programa global Altas Horas, do apresentador Serginho Groisman (61), o jogador Kaká (29) entregou os planos para seu último mês de folga. “Quero aproveitar as férias para ser babá dos meus filhos e depois voltar para o futebol europeu”, afirmou o craque, que deve se reapresentar ao clube espanhol Real Madrid no dia 10 de julho. Na semana passada, o meiacampista cumpriu a promessa ao desembarcar com a mulher, a cantora gospel Caroline Celico (23), e os herdeiros, Luca (3) e Isabella (2 meses), na ensolarada Miami, na Flórida.

Com os termômetros beirando 40 graus, o casal não titubeou em seguir direto para a praia, mas redobrou os cuidados com os pequenos. Pai zeloso, marido carinhoso, Kaká cobriu o primogênito com filtro solar e também passou protetor na amada. Apesar de discreto, o elegante maiô preto de Caroline revelava que ela já volta à boa forma após a segunda gravidez. Segundo a jovem mamãe, aulas de natação, pilates e alongamento, alimentação equilibrada, consumo de líquidos em abundância e esfoliações no corpo foram seus grandes aliados para ter uma gestação saudável e não descuidar da beleza. “Ser mãe abriu espaço no meu coração que pensei não existir”, confessa a beldade. “Quando você se torna mãe, entende melhor o que cada pessoa passa. A maternidade me ensinou a ser mais compreensiva e amorosa. Meus filhos são as coisas mais preciosas para mim”, acrescenta Carol.

Serelepe e cheio de energia como qualquer garotinho de sua idade, Luca não parava quieto e, apesar de brincar na areia, gostou mesmo foi de ficar na água com os pais. Mesmo se desdobrando para acompanhar o pique do menino, Kaká era todo orgulho do filho. “Luca é um menino especial, aprendo com ele a cada dia. A sensação de ter filhos é maravilhosa. Sou super a favor do casamento, de fazer coisas com a minha esposa, sair. Às vezes, quando o jogo não é muito legal, eu chego em casa, converso bastante com ela e isso é muito bom”, orgulha-se o craque, que também é todo elogios à amada, com quem se casou em dezembro de 2005. “Ter um filho firma ainda mais a nossa linda aliança. Carol é virtuosa, faz tudo para o bem da nossa relação. Vejo o cuidado e o amor que ela dedica aos nossos filhos”, ressalta ele.

Pequenina e delicada, Isabella ficou de fora da folia à beira-mar, mas uniu-se à família na piscina do hotel. Sem choramingar, a menina permaneceu quietinha em uma das espreguiçadeiras cobertas por guarda-sol. “Estou mais que realizada! Ter um casal é um presente de Deus. Isabella nem imagina quantas emoções esperam por ela”, observou Carol, logo após o nascimento da herdeira. “Deus tem muito mais daquilo que nós pedimos ou pensamos e é o que acontece na minha vida. Nunca imaginei conquistar tudo o que conquistei. Posso dizer que sou uma pessoa realizada pelo meu talento e pela minha família”, garante o jogador.

Se em Miami a única preocupação de Kaká era com a diversão do clã, nas próximas semanas ele volta a encarar duras batalhas dentro e fora dos gramados. Em 2010, o craque enfrentou difícil fase profissional, ficando parado durante cerca de sete meses após a eliminação da Seleção Brasileira na Copa do Mundo, em virtude de uma cirurgia no joelho esquerdo para corrigir problema no menisco, cartilagem presente na articulação. Em 2011, ele segue ausente nas convocações do técnico Mano Menezes (49) para a Seleção Brasileira e perdeu espaço para outros grandes ídolos do futebol internacional nos campos europeus. “A Seleção Brasileira sempre vai ter um bom desempenho. Jogadores como Ronaldinho e eu não estivemos nas convocações recentes, mas o futebol brasileiro está se renovando sempre. Agora temos Neymar, Ganso e Lucas, que estão muito bem”, afirma ele. “Sinceramente, não estou surpreso por ter ficado de fora da convocação. Ainda não fui chamado por Mano, neste período em que ele está à frente da Seleção, e acredito que, neste momento, há outros jogadores mais em forma do que eu”, admite o atleta. “Jogar com Ganso, Lucas, Neymar, reencontrar amigos… Espero que isso aconteça em breve. Conversei com Mano Menezes duas vezes, ele me deixou as portas abertas. Voltei a conversar com ele em maio, falei como estou me sentindo e espero voltar logo”, acrescentou Kaká.

Contratado pelo Real a peso de ouro — leia-se 65 milhões de euros —, Kaká não conseguiu se firmar no  time espanhol em duas temporadas e atualmente é alvo de várias especulações que dão como próximo o fim do seu vínculo com o clube. Segundo o jornal Marca, da Espanha, a negociação do jogador brasileiro é tida como prioritária para a reformulação do elenco comandado pelo português José Mourinho (48). Já o Mundo Deportivo, também espanhol, especula uma possível troca entre o Real Madrid e o time paulista Santos — o clube da capital espanhola estaria disposto a mandar Kaká para o Brasil, em troca de um abatimento nos 45 milhões de euros que o time paulista quer por Neymar, um dos atuais sonhos de consumo dos Galácticos para a próxima temporada.

Bosco Leite, pai de Kaká, afirmou na primeira quinzena de junho que o filho permanece onde está. O atleta também expressou sua intenção de continuar jogando na Espanha e promete dias melhores com direito a goleadas. “Sei que ainda não correspondi às expectativas, não só da imprensa e dos torcedores, mas às minhas também. Quero e acredito que muita coisa boa ainda vai acontecer comigo no Real Madrid. Tudo é uma questão de confiança. A partir do momento em que eu conquistar a confiança do treinador, tenho certeza de que ele vai me colocar para jogar nas partidas decisivas”, afirma, com segurança.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Kaká: “Deus tem muito mais daquilo que nós pedimos ou pensamos”

Deixe o seu comentário