O dia em que Jesus visitou um terreiro de Candomblé

Frei Carlos Mesters

Certa vez, Jesus reuniu os discípulos e as discípulas e disse: Quando vocês forem anunciar o Reino, não devem levar dinheiro nem comida, mas devem confiar no povo. Chegando a um lugar, se vocês forem acolhidos, e o povo partilhar comida e casa com vocês, e se vocês participarem da vida deles trabalhando e tratando dos doentes e do pessoal marginalizado, sem voz nem vez, então podem dizer ao povo que com toda certeza: “Gente! Olhe aqui! O Reino chegou! Está chegando!” E eles foram…

Jesus também foi. Andou, andou, andou. Já era quase noite. Estava começando a escurecer quando chegou a um terreiro. O pessoal que entrava, saudava-o e dizia: “boa noite, Jesus! Entre e sinta-se em casa. Participe com a gente.”

Jesus entrou. Viu o pessoal reunido. A maioria era pobre. Alguns, não muitos, eram de classe média. Todo mundo dançando, alegre. Havia muita criança no meio. Viu como todos eles se abraçavam entre si. Viu como os brancos eram acolhidos pelos negros como irmãos. Jesus, ele também foi sendo acolhido e abraçado. Estranhou, pois conheciam o nome dele. Eles o chamavam de Jesus, como se fosse amigo e irmão de longa data; gostou de ser acolhido assim…

Viu também como a mãe-de-santo recebia o abraço de todos e como ela retribuía acolhendo a todos. Viu como invocavam os orixás e como alguns vinham distribuindo passes para ajudar os aflitos, doentes e necessitados. Jesus também entrou na fila e foi até a mãe-de-santo.

Quando chegou a vez dele, abraçou-a e ela disse: “A paz esteja com você, Jesus”. Ele respondeu: “Com a senhora também! Posso fazer uma pergunta?” Ela respondeu: “Pois não, Jesus!” E ele disse: “Como é que eles sabem meu nome?” Ela riu: “Mas, Jesus, aqui todo mundo conhece você. Você é muito amigo da gente. Sinta-se em casa, aqui, no meio de nós”.

Jesus olhou para ela e disse: “Muito obrigado!”. E continuou: “Mãe, estou gostando, pois o Reino de Deus já está aqui no meio de vocês.” Ela olhou para Ele e disse: “Muito obrigada, Jesus! Mas isso a gente já sabia. Ou melhor, já adivinhava! Obrigada por confirmar a gente. Você deve ter um orixá muito bom. Vamos dançar para que ele venha nos ajudar!”

E Jesus entrou na dança. Dentro dele o coração pulava de alegria, sentia uma imensa felicidade e dizia baixinho: “Pai, eu te agradeço porque escondestes essas coisas dos sábios e dos entendidos e as revelastes ao povo humilde aqui do terreiro. Sim, Pai, assim foi do teu agrado!”

Dançou um tempão. No fim, comeu pipoca, cocada e batata assada com óleo de dendê que o pessoal partilhava com Ele. E dentro dele o coração repetia, sem cessar: “Sim, o Reino de Deus chegou! Pai, eu te agradeço”! Assim foi do teu agrado!”

Fonte: Blog do Ailton Ferreira

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for O dia em que Jesus visitou um terreiro de Candomblé

46 Comentários

  1. Marcelokiwi_ disse:

    como assim?  de quem é a fonte? é a primeira vez que leio algo assim!  ahuahuahua
    sem palavras!

  2. Robson Lelles disse:

    A-han, então tá… agora conte o resto: a idolatria, o sacrifício de animais, as oferendas a deuses, os trabalhos “para o bem” e “para o mal”, os sofismas… aliás o texto todo é um sofisma.

    • Léo disse:

      Não existe idolatria no candomblé querido, pois os orixás não são idolatrados nem adorados, mas sim VENERADOS; quanto ao sacrifício de animais, leia Êxodo 29:11,12, o próprio Jeová pediu que o sacrifício de animais fosse feito há milhões de anos atrás; Não existem oferendas a deuses, pois orixás não são deuses, e nem todas as casas de candomblé fazem trabalho para o mal. Antes de agredir o candomblé procure primeiro aprender sobre ele.

      • Taufik A. Cznykh disse:

        Caríssimo, fazer diferenciação entre adorar e venerar trata-se de abuso linguístico inadmissível. São sinônimos. Se você venera, você adora, concomitantemente. É isso!

  3. Dennisportell disse:

    Sensacional o seu texto amigo! Mas, prepare-se para apanhar dos sábio e entendidos de merda que vão comentar por aqui.

  4. Thiago Campos disse:

    Gostei do texto mas esse assunto é mt controverso… Muitas vezes não consigo perceber a diferença entre aqueles se dizem Igreja e os dos terreiros… #tenso

  5. Fernando M. Oliveira disse:

    Que estória sem pé nem cabeça… Serve como piada?

  6. Fernando M. Oliveira disse:

    Que estória sem pé nem cabeça… Serve como piada?

  7. Fernando M. Oliveira disse:

    Que estória sem pé nem cabeça… Serve como piada?

  8. Não entendi a intenção dessa postagem. Na verdade, tem muitas postagens que acho meio sem nexo, ou fora do contexto cristão. Essa, era pra ser uma piada? É muito sem graça. Chega a ser blasfema ao dizer que Jesus tem um orixá muito bom. Se é por causa de igrejas que parecem terreiros de umbanda, Jesus não compactua com elas. Totalmente sem propósito esta postagem.

  9. Robertt Marques disse:

    é possível contar verdade usando mentiras.

  10. Tiago Ramos disse:

    Jesus veio para os judeus. Quando uma mulher gentia foi ao encontro dele, ele mal deu ouvidos. Ela precisou se humilhar para demonstrar a fé e ser reconhecida.

    As pessoas idealizam um Jesus “banana”, que aceita tudo ou qualquer coisa. Esquecem-se que ele veio aos judeus, que o rejeitaram, para então ser anunciado ao mundo. Como Judeu, ele cumpriu INTEGRALMENTE a LEI de Moisés, nem negá-la, nem abdicá-la.

  11. Que linda mensagem de tolerância! Estou felicíssima de ter podido ler algo tão bonito. E como seria bom se todos pudessem se respeitar mutuamente: Deus ficaria feliz à beça! 😉 

  12. James disse:

    Sem mesmo falar na viagem do texto como um todo, parece que o autor nunca foi a um terreiro de verdade… ou esse é realmente único.

  13. É Pava, não dá não. Uma mistureba desta só quer dizer uma coisa: NADA. Estou começanso a ficar preocupado com o rumo que as coisas estão tomando. Jesus num terreiro, comportando-se como um BANANA, como um comentarista se referiu, acho meio difícil. Estudando a respeiro de Jesus e suas manifestações no Velho Testamento não nos dá margem para pensar assim, assim como ele no templo. Esse Jesus parece mais o de Fellini.

  14. André Gomes disse:

    Nem vale a pena perder tempo para comentar uma idiotice destas. Deveria respeitar a fé das pessoas…

  15. André Gomes disse:

    Nem vale a pena perder tempo para comentar uma idiotice destas. Deveria respeitar a fé das pessoas…

  16. Muita gente desceu o pau nesse texto, né! Então ele foi bem sucedido! Sim, pois logo vi que ele não se propõe a ser uma verdade, mas A REVELAR UMA VERDADE, a verdade de que os cristãos, em geral, dão mais importâncias aos dogmas e instituições, que às pessoas, às quais Jesus realmente se importa. Coisa de crente bitolado, alienado: desce o pau, mas nem se dá conta que está idolatrando sua denominação, doutrina e um tal de Gizuis.

  17. Carla Ribeiro disse:

    Ridículo… Num tem nem mais o que falar!

  18. Cleber Silva disse:

     a internet é assim mesmo; existem coisas maravilhosas, boas, ruins, péssimas e indescritíveis como essa. sinto muito pelo sr Pavarine por isso, e mais ainda pelo MECUMBEIRO ailton ferreira, que além de tudo ousou criar um jesus; e citou as SAGRADAS ESCRITURAS como se fosse a Veja ou outra qualquer. 

  19. fernanda disse:

    kkkkkkk… Completamente ridículo. Quem inventou isso?

  20. Fábio disse:

    Os encontros com Jesus gera libertação e transformação. Pra mim Carlos Mester, que eu gosto muito, foi infeliz ao escrever este texto, mesmo sabendo o que está nas entrelinhas.

  21. Fábio disse:

    Os encontros com Jesus gera libertação e transformação. Pra mim Carlos Mester, que eu gosto muito, foi infeliz ao escrever este texto, mesmo sabendo o que está nas entrelinhas.

  22. Silvio Vieira Branco Junior disse:

    É… E enquanto Paulo entrava em Atenas teve o sentimento registrado por Lucas

    “E, enquanto Paulo os esperava em Atenas, o seu espírito se comovia em si mesmo, vendo a cidade tão entregue à idolatria.” – Atos 17,16.

    Mas depois pensou um pouco e viu que todos se abraçavam, se respeitavam e eram realmente alegres.

    Percebeu que, a despeito de tantos ídolos, não haviam grupos rivais. Cada grupo adorava seu ídolo em particular mas tinha muito respeito pelo ídolo do outro.

    Todos eram felizes com suas devoções e eram extremamente amorosos.

    Paulo se lembrou de sua primeira impressão (de sua tristeza em ver a cidade entregue a idolatria), e viu que aquilo era só implicância sua mesmo. Notou que a mutiplicidade de ídolos e devoções não desmerecia o “reino de Deus” entre os atenienses.

    Pelo contrário, Atenas era um dos ícones da tolerância, onde o importante era o amor entre eles.

    Convidado para ir ao Aerópago, disse em seu discurso:

    Homens atenienses, em tudo vos vejo um tanto supersticiosos;
    Porque, passando eu e vendo os vossos
    santuários, achei também um altar em que estava escrito: AO DEUS
    DESCONHECIDO. Esse, pois, que vós honrais, não o conhecendo, é o que eu
    pensei em vos anunciar.

    MAS notei que entre vocês já está o Reino Dele, de forma que vocês é que tem muito a nos ensinar.
    Vocês me fizeram ver que, embora tenham cada qual seu deus e ídolo, no fundo, já andam de acordo com o Evangelho, não tendo nada eu a acrescentar a vocês!!

    E embora,

    o Deus que fez o mundo e tudo que nele há, sendo Senhor do céu e da terra, não habite em templos feitos por mãos de homens; Nem tampouco seja servido por mãos de homens,
    como que necessitando de alguma coisa; pois ele mesmo é quem dá a todos a
    vida, e a respiração, e todas as coisas; E de um só sangue fez toda a geração dos
    homens, para habitar sobre toda a face da terra, determinando os tempos
    já dantes ordenados, e os limites da sua habitação; para que buscassem ao Senhor, se porventura, tateando, o pudessem achar; ainda que não está longe de cada um de nós;

    EM QUE PESE tudo isso, vocês entregue a seus deuses já cumprem o propósito de Deus.

    Porque nele vivemos, e nos movemos, e existimos; como também alguns dos vossos poetas disseram: Pois somos também sua geração. Sendo nós, pois, geração de Deus, não havemos
    de cuidar que a divindade seja semelhante ao ouro, ou à prata, ou à
    pedra esculpida por artifício e imaginação dos homens.

    Mas Deus, não tendo em conta os tempos da ignorância, iria anunciar agora a todos os homens, e em todo o lugar, que se arrependam,

    MAS VENDO EU QUE VOCÊS JÁ ESTÃO VIVENDO O REINO DE DEUS, só tenho a vos elogiar.

    Porquanto tem determinado um dia em que com
    justiça há de julgar o mundo, por meio do homem que destinou; e disso
    deu certeza a todos, ressuscitando-o dentre os mortos.

    CONTUDO aqui em Atenas, acolherá a todos vocês que já vivem seu “reino” aqui, mesmo nessa diversidade de ídolos.

    Todos ouvindo aquilo ficaram muitos felizes e terminaram dizendo: “Precisando Paulo, pode contar a outros povoados como aqui já vivemos o “reino de Deus” e, caso eles queriam, podem nos visitar para ver como somos tolerantes, solidários e amorosos.

    Terminando aqui Paulo não se conteve e para fazer coro aquela gente, mostrou como também era tolerante e gritou “Viva Diana!!”, ao que recebeu em retorno vários vivas festivos.

    Saiu dali satisfeito dando graças a Deus por ver o reino dos céus materializado e com certa vergonha de querer-lhes ensinar alguma coisa.

  23. Silvio Vieira Branco Junior disse:

    Hj em dia muitos esquecem que nossa luta não é contra carne e sangue.
    Que existem forças espirituais (demoníacas) em franca atuação.

    Conheço muitos irmãos na fé que foram até um terreiro de Candomblé e afins, a mandado de Deus.
    Apenas foram lá.

    E o que aconteceu??

    Os donos dos terreiros pediram, por gentileza, ao irmão que se retirasse pois as ENTIDADES estavam se recusando a “descer” enquanto o crente estivesse ali.
    Noutras ocasiões as ENTIDADES diziam que não podiam descer enquanto os irmãos estivessem ali.

    Em outro episódio a dono do terreiro teve que ir até a rua, onde estavam os irmãos simplesmente parados na frente, para pedir que fossem para outro local, pois os ESPÍRITOS diziam não conseguir “baixar” com a presença daqueles crentes.

    Se apenas a presença de servos de Jesus Cristo incomoda tanto as tais entidades (que sabemos ser demônios) imagine a própria presença do Senhor Jesus!!! Todos os demônios seriam expulsos, as pessoas viriam a verdadeira Luz que é Jesus Cristo, se converteriam a Ele, e a partir dali seriam novas criaturas.

    OU SEJA,

    Não se trata das pessoas se tratarem bem ou não, serem boas entre si ou não, etc, trata-se de ver que existem forças que operam nos bastidores de nossa realidade.

    Vão dizer: “Isso é coisa de gente crente bitolada”
    Contudo, somente quem PRESENCIOU tais coisas e viu os donos de terreiro reclamarem quando as “entidades” se sentiram incomodadas é que sabe o que acontece.

    Já tivemos casos de irmãos irem resgatar uma pessoa de dentro de um terreno. Ao entrar no terreiro, os “incorporados” já notaram a presença do servo de Deus e, gritando impropérios partiam para cima dos irmãos. Deus, no momento, dando uma palavra de reprensão fazia o “incorporado” perder imediatamente as forças. E Deus pode, através de seus servos, falar com algumas pessoas para tirá-las dali.

    • Geisi disse:

      Quando a pessoa é um servo fiel a Deus e, por alguma razão, encontra-se em meio a qualquer tipo de invocação espírita, os espíritos (demônios) não conseguem chegar perto!
      Jesus jamais chegaria num terreiro de macumba e pediria um passe à mãe de santo. Ele é o Rei dos Reis, Senhor dos Senhores… Mas, se por acaso ele tivesse passado pelo meio de algum candomblé, todas as pessoas veriam que Ele é que é o Senhor. Não existe principado ou potestade que não se curve a Jesus.
      A Ele a glória, o domínio, o poder, pelos séculos dos séculos, Amém.

  24. Well0209 disse:

    Que bonitinho penas que o altor não se preocupe com doutrinas, será que Jesus entraria em um templo de Baal lá também devereia ter muita gente feliz cantando e dançando, classificar Jesus como um cara legal e bonzinho que um conjunto de crenças que aceita qualquer coisa é que faz qualquer coisa em nome da alegria do momento é triste que tal fazer um texto de Jesus indo em uma Festa dessas de jovens e pra ficar mais alegre engolindo umas balinhas e dizendo aaui esta a alegria o reino esta aqui, tenha dó viu cada coisa 

  25. Well0209 disse:

    Que bonitinho penas que o altor não se preocupe com doutrinas, será que Jesus entraria em um templo de Baal lá também devereia ter muita gente feliz cantando e dançando, classificar Jesus como um cara legal e bonzinho que um conjunto de crenças que aceita qualquer coisa é que faz qualquer coisa em nome da alegria do momento é triste que tal fazer um texto de Jesus indo em uma Festa dessas de jovens e pra ficar mais alegre engolindo umas balinhas e dizendo aaui esta a alegria o reino esta aqui, tenha dó viu cada coisa 

  26. alguem disse:

    kkkkk  as coisas loucas confundem as sabias

  27. Roberta Moraes disse:

    Falácia total! O site precisa repensar alguns posts que confundem e induzem ao erro… totalmente sem noção.

  28. Priscilla disse:

    Serio?? kkkkkkkkkkkk
    conta outra historia porque essa dai ta a mentira pura!!!

  29. Marília Liz disse:

    Se eu não estou enganada, essa historinha tem a ver comigo e com você. Como estão nossas igrejas hoje? As pessoas se engalfinhando baseando-se em doutrinas e afins.
    É possível que Cristo encontre mais amor lá no terreiro do que em nossas igrejas.Se eu estiver errada, por favor Pavarini, me corrija,  mas acredito que a lição é essa. Basta apenas, tirar os cabrestos pra poderem enxergar, queridos. Exercitem o pensamento, pessoal!

  30. Apaixonada por Jesus disse:

    Ah, as pessoas que não entendem parábolas…. tsc, tsc, tsc…
    ESSE é o Jesus a quem eu amo e sirvo com alegria! Um Jesus que é amor, compaixão, misericódia e que AMA indiscriminadamente!

  31. Julia Eugenia disse:

    Acho que realmente isso não aconteceu…… não tenho como provar pois não sou estudiosa da Biblia e nem pretendo ser, respeito toda forma de crença e o livre arbitrio, mas fico profundamente inconformada que ainda existam pessoas que não conseguem ler nas entrelinhas, que seguem rigorosamente o que realmente esta “escrito” ou que só entendem aquilo que convém……. meus caros….. é óbvio que esse texto tem a finalidade de dizer que Jesus está em toda parte, em todos os lugares, sem discriminação, ou vão me dizer que ele não entra na casa do “pecador”? Leiam, raciocinem, entendam antes de postar coisas ridiculas, frases prontas tiradas de algum lugar, tenham opinião própria, não falem porque alguem falou, fale porque você acha que é….. chega de intolerancia, quantas pessoas postam por aí sobre o candomblé sem ao menos conhecer…. então vamos compartilhar idéias, passagens, conhecimentos e não criticar……. deixe o julgamento para que é de direito.

    Asé

  32. Ellen Cristinny disse:

    Como eu queria acreditar, eu tenho princípios evangélicos, mas ta aí uma religião que eu queria conhecer e talvez fazer parti, se almenos esse tal texto tivesse sido retirado na bíblia eu daria um crédito e iria ser espirita. Mas não posso confiar no que vejo na internet o sim o que diz a bíblia pois estamos falando da minha salvação, a salvação é individual como posso saber que isso é verdade… Mas prometo eu irei orar e eu creio que Deus me falará a verdade beiijos !

  33. yohanna disse:

    Olhem, sou neta de uma mulher adepta dessa religião e essa religião nada tem a ver com Jesus, com Amor, Caridade… Tudo mentira… São idólatras ao extremo, negam a família se preciso em favor das imagens, das esculturas… Eu estou frustrada e acabada pois tenho uma avó que friamente junto com seus tais “filhos de santo ” estão covardemente injustiçando uma família, que inclusive e a minha… Netos, bisnetos, uma única filha e todos contra isso, contra a família… O texto e falso e mentiroso, vcs não são bons e caridosos, tudo superficial… Tudo uma farsa… Jesus Cristo nunca entraria em um ambiente fedorento, cheio de bicho morto, cheio de imagens de barro, onde essas imagens são tratados como santos quando na verdade santos somos nós, seres viventes, ele não entraria em um lugar onde pessoas levam nomes de pessoas para trabalhos malignos, até nome de familiares para maldadesss… Jesus e Amor de verdade, família, justiça, limpeza, união… Eu, jovem mulher, 24 anos, super triste neste momento por saber que uma mãe ama mais imagens que sua própria filha e netos e bisnetinhos e que se possível eles fiquem na rua pra que quartos fiquem vazios com imagens.

    • taniasarahbeta7@gmail.com disse:

      Nossa querida… lamento por você, que o Pai Celestial e o seu filho amado, nosso Salvador, te ampare e te liberte dessa dor e tristeza, ore muito pela sua mãe, o Salvador Yaohushua, o messias, ele perdoou aqueles q o mataram, ele falou, Pai perdoai eles nao sabem o q fazem, assim é a sua mae com vc, ela nao sabe o q faz, ore para q ela volte para luz querida, bjss fique na paz.

  34. Cleison disse:

    Esse belo texto é como uma parábola e foi escrito pelo estudioso da Bíblia Carlos Mesters. Ele, a partir de seus aprofundamentos sobre a vida de Jesus, quis mostrar com tudo isso que aquilo que já lemos na Bíblia: Jesus andou com as pessoas consideradas mais pecadoras pela sociedade e questionou várias posturas violentas. Ele quis mostrar que Jesus, no lugar de julgar, acolhia a todas as pessoas. Acredito que se o Cristo voltasse, se é que não já esteve por aqui, jamais aceitaria a intolerância e o desrespeito para com as religiões afro-brasileiras.

  35. taniasarahbeta7@gmail.com disse:

    Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk cada um com as suas verdades ou os seus enganos particulares!!

  36. Diego disse:

    Independente de religião ,Deus está em todos os lugares em ,todas as pessoasas pessoas respeitem as religiões, respeitem o próximo respeitem a si mesmo

  37. Nilson silva disse:

    Se ele vinhesse nos candomblés de hoje dia iria se assusar, não existe mas essa humildade e energia, lamentável… Mas .relação ao texto, parabéns me mostrou o ato deus é acolhedor e de encontra no meio de tds os povos.

  38. Tathiany disse:

    Meu deus em todo lugar deus lá está e como deus pode abomina o espiritismo se Jesus vive em espírito alguns aqui até parecem ateus lein lein a Bíblia e n entendem nada n foi deichada nenhuma religião o que foi deichada foram os ensinamentos a fé em deus que foi professada ou vcs acham que quando agente morre está tudo acabado n o que morre é a matéria o espírito ainda vive Jesus é a maior prova disto e agente reencarnamos sim várias vezes até sermos diguinos de viver no outro plano aqui só estamos de passagem e a respeito da Bíblia todos podemos ler o mesmo versículo mas cada um de nós irá interpreta de uma forma iremos tirar conclusões diferentes ensinamentos diferente a Bíblia é um livro sagrado porém muito iniguimatico e se pegarmos várias bíblias encontraremos texto diferentes com o pasar do tempo o homem foi mudando atualizando a palavra pega lá uma Bíblia de 1.800 e compara com a Bíblia de hoje de 2017 é diferente então agente tem que levar em conta que a Bíblia quem escreve é vem escrevendo até hoje é o homem mas mesmo assim em nenhum lugar na Bíblia está escrito qual é a religião certa e isto porque n foi deichada o que foi deichada foi a fé em deus e tanto na umbanda como no candomblé deus é a base de tudo sem deus não tem guia espiritual n tem orixá n tem nada porque pra se cair uma folha de uma árvore depende da permissão de deus então gente desnecessário está discussão deus é a base sem ele nada somos nada existiria

  39. RCG disse:

    A historia pode até ter sido inventada, mas que Jesus recebia o espirito santo(energia da natureza) ele recebia.

  40. Luiz disse:

    Eu só quero confirmar. O candomblé e reconhecido por Deus, esta escrito na Bíblia ou não? Obs: Não estou questionando nada, só quero saber.) Quem puder me responder agradeço, me mostre qual versículo ou capitulo esta esta escrito por favor. Obrigado

  41. Maria Lucia de Souza disse:

    To pasma nunca vi na biblia falando que Jesus o Messias esteve num terreiro e ainda dançou .Candomble surgiu na Africa certo e Jesus estive na Africa ? Sei nao há controversias.

Deixe o seu comentário