Contos heréticos – O Órgão

.
Wilson Tonioli
.
Eles estudavam juntos no seminário. Ela sempre muito piedosa e ele varão profético. Ela tocava piano desde cedo, como tradição de família, e ele vislumbrava em si mesmos um par perfeito. Prometeu mundos e fundos – mais fundos – a ela se com ele se casasse; não agora, dizia ele, quando nos formarmos, segundo os planos de Deus para nossa vida.
.
Porém, ele acreditava na tese de que mulher de pastor deve tocar órgão como ninguém e insistia que ela deixasse de preconceitos e começasse a praticar, pois quando estivessem casados, ela poderia cumprir seu ministério com toda destreza.
.
– Mas órgão é diferente… – dizia ela.
.
– Sem dúvida… Mais sacro. – argumentava ele
.
– Não sei… Nunca nem cheguei perto de um…
.
– Que nada, você é muito valorosa! Vai pegar logo…
.
Ela avermelhava.
.
Um dia, ele pediu permissão a um professor e ficaram até mais tarde na sala de música.
.
– Querida, só estamos nós; execute um prelúdio pra mim. Não há o que me enleve mais do que os prelúdios em órgãos…
.
– Só um prelúdio? Promete?
– Sim!
.
– Não vai pedir um invocatório e depois um intróito?
.
– Não querida! Só um prelúdio!
.
– Poderia ser num Yamaha pelo menos… – resmunga baixinho.
.
– Ta Yamarrado! – Ele vocifera rindo meio nervoso.
.
– Que fixação por órgão, amor…
.
– Não há edificação sem órgão! – já perdendo a calma.
.
– Sério?
.
– Sério.
.
– Qual o texto?
.
– Que texto?
.
– Que fala isso na Bíblia?
.
– Não há nenhum específico… É na compreensão geral, entende?
.
– Nem em Cantadas de Salomão?
.
– Que?
.
– Cantares, quer dizer… É uma brincadeira…
.
– Não. Nem um testículo… Vai tocar ou não?
.
– Tem partitura?
.
– Toca de ouvido!
.
– Ah não!
.
– Você tem que ser batistona numa hora dessas? – Silêncio. – Desculpe.
.
– Acho que vai tocar. – Diz ela conclusiva.
.
– Que bom! Vai tocar meu bem?
.
– Não! Eu disse que já vai tocar o sinal para aula…
.
Toca o sinal.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Contos heréticos – O Órgão

Deixe o seu comentário