Estudo diz que ateísmo vai tomar lugar das religiões

Mulher rezando

Publicado no F5

Carolas, tremei.

Um estudo que será publicado neste mês aponta que, quanto mais desenvolvido o país, maior o número de ateus.

Para o autor Nigel Barber, portanto, chegará o dia em que quase todo o mundo vai se declarar sem religião.

A mudança já estaria ocorrendo. A pesquisa, feita em 137 países, mostra que nas economias mais desenvolvidas o número de descrentes é crescente.

Na Suécia, por exemplo, o índice chega a 64% da população, seguida por Dinamarca (48%), França (44%) e Alemanha (42%).

Na outra ponta, países da África sub-saariana têm menos de 1% de ateus.

O autor aponta razões mercadológicas para a baixa das religiões.

Segundo ele, as pessoas procuram as igrejas para se salvar de dificuldades e incertezas da vida.

Hoje profissionais como psicólogos e psiquiatras podem perfeitamente suprir essa lacuna.

foto: SXC

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Estudo diz que ateísmo vai tomar lugar das religiões

5 Comentários

  1. Daniel Clark disse:

    Ou como sugere a socióloga Gracie Davie por razões históricas a Europa é a exceção em relação ao resto do mundo, e dado a decadência provavelmente irrevesível da Europa no cenário internacional não pode ser usado para postular o que acontecerá no resto do mundo.

  2. Caroline Santos disse:

    Uma das razões para o ateísmo estar tomando uma maior proporção, que eu pude perceber, é devido ao número excessivo de igrejas. Com tantos tipos de Igreja e doutrinas, cada uma com uma visão diferente de colocar em prática os ensinamentos da Bíblia, as pessoas acabam desacreditando da verdadeira Fé. Essas pessoas querem acreditar em alguma coisa que realmente tem certeza, mas não querem se “apegar” com religiões nem com certas doutrinas. Como foi mencionado no post, elas vão à igreja para se salvar de dificuldades e incertezas da vida, não para ouvir uma pessoa que diz conhecer a Bíblia e a vontade de Deus, julgá-las ou julgar alguém pelas suas condutas e atitudes.

  3. Sergiogleria disse:

    Todos querem definir o Criador e afirmam ser seus “porta-vozes”. O infinito não pode ser definido e só é experimentado no silêncio. É por isso que as pessoas esclarecidas, cada vez mais, procuram, individualmente, a experiência direta com o Criador !!! Nunca tive e nunca segui nenhuma religião, mas medito para conectar-me diretamente com Deus. Parabéns, ótima matéria !!!
    Sérgio Gléria

  4. filho92 disse:

    Não… O estudo não diz que o ateismo vai substituir a religião http://ce.ligahumanista.org/2011/08/o-ateismo-vai-tomar-o-lugar-das.html?spref=tw

  5. Neide Gregorio disse:

    É Bíblico: “10 Naquele tempo muitos ficarão escandalizados, trairão e odiarão uns aos outros, 11 e numerosos falsos profetas surgirão e enganarão a muitos. 12 Devido ao aumento da maldade, o amor de muitos esfriará, 13 mas aquele que perseverar até o fim será salvo.14 E este evangelho do Reino será pregado em todo o mundo como testemunho a todas as nações, e então virá o fim” (Mateus 24:10-14)
    “E o Senhor continuou: “Ouçam o que diz o juiz injusto. 7 Acaso Deus não fará justiça aos seus escolhidos, que clamam a ele dia e noite? Continuará fazendo-os esperar? 8 Eu lhes digo: Ele lhes fará justiça, e depressa. Contudo, quando o Filho do homem vier, encontrará fé na terra?”” ( Lucas 18:1-6).

    Jesus já havia previsto há mais de 2.000 anos, antes de qualquer pesquisa.

    Olineide Torres

Deixe o seu comentário