Ver pornografia na internet causa disfunção erétil, diz estudo

Estudo de urologista da Universidade de Pádua sugere que ver pornografia na internet pode causar disfunção erétil

Publicado no F5

Ver pornografia na internet pode ser o caminho mais rápido para ficar impotente.

É isso que aponta uma reportagem da revista “Psychology Today”, publicada recentemente.

Para fazer a afirmação, a publicação se baseia no estudo do urologista italiano Carlo Foresta, da Universidade de Pádua.

Segundo a pesquisa, nada menos que 70% dos jovens do sexo masculino que procuram tratamento para problemas de performance sexual admitiram ver pornografia na internet de forma habitual.

Eles não conseguem ter ereção quando estão com uma mulher de verdade, mesmo não tendo nenhum problema físico, mas se masturbam normalmente com estímulos que encontram em sites pornográficos.

Como, comprovadamente, a masturbação sozinha não causa o problema, os pesquisadores apontaram que ele estaria mesmo relacionado ao uso excessivo do material encontrado na internet e da necessidade de ver situações cada vez mais extremas para se excitar.

Segundo a revista, o problema atinge todas as culturas, classes sociais e níveis de educação.

Mas, calma, tudo tem solução. Um “rehab” para os onanistas de plantão leva de 6 a 12 semanas, o tempo que o cérebro leva para se acostumar de novo ao estímulo sexual sem as imagens da internet.

foto: James Blinn/Shutterstock

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Ver pornografia na internet causa disfunção erétil, diz estudo

1 Comentário

  1. Sergiogleria disse:

    Não acredito nestas pesquisas! Quando um homem é saudável e encontra uma mulher que o atraia a ereção é instantânea. Não se pode atribuir a Internet, problemas físicos ou psíquicos do indivíduo. Geralmente, esses problemas são causados pela sociedade hipócrita e repressora em que vivemos.
    Sérgio Gléria

Deixe o seu comentário