36% perdem tempo na internet, diz pesquisa

Publicado originalmente na INFO

Uma pesquisa exclusiva revela que os profissionais estão gastando mal as horas que ficam no escritório.

A revista VOCÊ S/A, em parceria com Christian Barbosa, especialista em gestão de tempo e fundador da consultoria Triad PS, realizou uma pesquisa no mês passado para descobrir como os profissionais usam o tempo no trabalho

As respostas, de 1.606 pessoas, revelam que há muita gente perdendo, todos os dias, minutos preciosos com atividades banais. “Os profissionais precisam adotar algumas práticas simples para ganhar tempo e ter mais qualidade de vida”, diz Christian. Veja os resultados do levantamento.

DE 30 MINUTOS A 2 HORAS

Este é o tempo que as pessoas enrolam por dia, realizando atividades banais, como lixar as unhas e jogar no celular.

Já parou para pensar em como esse tempo é precioso? Se não tivesse gastado esses minutos, você poderia sair do escritório e: em 1 hora: fazer planos detalhados para cumprir as resoluções de ano novo. Em 2 horas: assistir a um filme, ler sua revista preferida inteirinha ou ir a uma aula de inglês.

EU USO MEU TEMPO NO TRABALHO PARA FAZER OUTRAS COISAS PORQUE…

35% dos entrevistados não conseguem resolver seus problemas pessoais em casa.

Ninguém é uma máquina e consegue sempre separar o pessoal do profissional. “Mas quem equilibra a divisão do tempo sai na frente”, diz Luciano Meira, da consultoria FranklinCovey Brasil. Alguns assuntos pessoais são permitidos: marcar uma consulta médica, por exemplo, não suga tempo.

QUANTAS HORAS VOCÊ GASTA SEM FAZER NADA A CADA DIA?

1 hora > 30%
2 horas > 33%
3 horas > 19%

Isso pode não parecer nada no dia a dia. Mas, em cinco anos, com 2 horas e meia diárias, você poderia fazer seis MBAs.

TENHO POUCO TRABALHO A FAZER: AFIRMAM 32 % DOS PROFISSIONAIS

Essa é para os chefes: nem sempre funcionários que parecem ocupados realmente estão. “Entre os gerentes, 90% perdem tempo no trabalho e produzem abaixo do esperado”, diz Luciano. Dá para evitar que isso aconteça . “Os líderes têm que trocar feedback com a equipe para perceber como está a produtividade do time”, diz Vera, do Instituto EcoSocial.

O PERIGO DAS REDES

85 % dos profissionais que responderam à pesquisa acessam as redes sociais no trabalho.
94 % usam o Twitter. A rede é a preferida entre os 1 606 pesquisados.
29% acessam o LinkedIn. De uso mais profissional, é o último da lista das preferências

Se usadas com cuidado, as redes sociais podem ajudá- lo a ser produtivo e a encontrar informações importantes. Mas tome bastante cuidado: participe apenas de redes relevantes. “O LinkedIn é um ótimo canal de contratação”, diz Vera Costa, consultora do Instituto Eco- Social. Estabeleça horários para visitá-las, desabilite os avisos de novas mensagens, para evitar distrações, e integre as redes em um só programa. Para os viciados em Twitter, conselho do Christian: “Siga poucas pessoas. Selecione quem disponibiliza informações relevantes para o seu trabalho”.

MOTIVAÇÃO EM BAIXA

40% PROCURAM UM NOVO EMPREGO DURANTE O EXPEDIENTE.
20% ESTÃO INFELIZES COM O TRABALHO E NÃO SE CONCENTRAM.
18% GANHAM MAL E ENROLAM.

A falta de significado no trabalho pode desmotivar os profissionais e fazer com que adiem ao máximo a realização de tarefas. Quem não se sente realizado não se concentra e usa mal o tempo. Os gestores devem tentar ajudar esses funcionários e mapear se estão no setor errado, por exemplo.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for 36% perdem tempo na internet, diz pesquisa

Deixe o seu comentário