Fé e violência: vale a pena matar pelo que se crê?

Gerard Butler stars as Sam Childers in "Machine Gun Preacher," as seen in the poster for the film.

Agência Pavanews com informações de Christian Post

Estreia em setembro o filme “Machine Gun Preacher” [O pastor metralhadora], estrelado por Gerard Butler e baseado na vida de  Sam Childers, um ex-traficante de drogas e motociclista que hoje defende com balas as crianças do sudeste do Sudão e no nordeste de Uganda. Ele luta há anos para defender inocentes que correm risco de morrer ou se tornarem escravos nas mãos do grupo rebelde “Exército de Resistência de Lord”.

Para alguns, Childers é um herói conhecido como o “pastor metralhadora”. Para outros, ele é um mercenário e um assassino que usa o nome de Deus.

O lançamento do filme tem levantado a discussão do uso da violência por pessoas que professam o cristianismo, em especial depois dos assassinatos na Noruega onde a palavra “fé” e “Deus” foram usadas para justificar a matança.

“Creio que a maior coisa que as pessoas precisam saber não é até que ponto fui no passado. Não interessa o que alguém era. A única coisa que interessa é o que se pode fazer para alterar o amanhã,” disse Childers durante uma entrevista.

Esse ex-motociclista, que chegou a andar com os Hell’s Angels, hoje percorre o território do Sudão de arma na mão. “A diferença é que hoje eu luto pelas crianças e famílias que Deus me enviou para proteger.”

Childers sentiu-se obrigado a usar armas para defender as crianças, dando origem a seu apelido. Ele diz ser contra a violência, mas afirma que não se pode deixar que as crianças sejam estupradas e assassinadas. “Ajo em auto-defesa, procurando proteger as crianças”, afirmou ele. “Não sou um assassino. Não gosto de machucar ninguém. Mas estas pessoas têm de ser paradas. Você ficaria indiferente se visse alguém fazer mal a uma criança?”

O filme conta parte da história de Sam Childers, mas já recebeu críticas pesadas antes de estrear. Em um tempo onde violência em nome de Deus é mais associada aos extremistas muçulmanos, há quem não veja com bons olhos a imagem de um pastor com uma metralhadora na mão.

Machine Gun Preacher é a adaptação da biografia de Childers, Another Man’s War: The True Story of One Man’s Battle to Save Children in the Sudan, escrita por Jason Keller, que também cuidou do roteiro do filme. Além de Gerald Butler, estão no elenco Kathy Baker, Madeline Carroll, Michelle Monaghan e Michael Shannon. Monaghan vive a esposa de Childers, Lynn. Shannon interpreta Donnie, o melhor amigo do protagonista vivido por Butler. Carroll interpreta a filha de Childers, Paige, e Baker é a mãe do pastor.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Fé e violência: vale a pena matar pelo que se crê?

10 Comentários

  1. Marli Silva disse:

    Vale a pena conferir o post!

  2. Ardov disse:

    vale a pena morrer pelo que se crê. matar jamais!

  3. Pedrotv disse:

    Independentemente ou não de acreditar em deus, uma pessoa boa fará coisas boas e uma pessoa má fará coisas más.

    Mas é preciso a religião para que uma pessoa boa faça coisas más.

    • Igual ao traficante que eu conheci. Vendeu drogas a vida toda. Fez merda direto. Depois, se converteu, começou a ir a uma igreja e ajuda(va) a criançada a sair do tráfico. Realmente, a religião fez muito mal a ele. E esta é UMA das muitas histórias que eu conheço.

      Lógico que não há como negar que pessoas façam o mal em nome de alguma religião.

      Mas, como se diz, as generalizações são burras. Discordo! As pessoas que generalizam é que o são!

  4. Sergiogleria disse:

    Infelizmente, nos dias de hoje, em vez de “Amai-vos uns aos outros” virou “Matai-vos uns aos outros” !

  5. Rubens Ayres disse:

    O mal triunfa quando os homens de bem se calam (ou deixam de agir).

  6. Fábio disse:

    A religião institucionalizada é pior do q o holocausto!

  7. Carlos Alberto disse:

    “A libertação do meu País é uma causa pela qual estou disposto a morrer, mas não há causa na terra pela qual eu mataria.” Mahatma Gandhi

    “Se alguém lhe bater numa face, ofereça-lhe tambem a outra.” “Quem a espada fere a espada cairá.” Jesus

Deixe o seu comentário