Cantora abandona o gênero gospel afirmando estar cansada de ser julgada pela igreja

Agência Pavanews, com informações de Christian Post

A cantora norte-americana Shei Atkins já concorreu ao Grammy na categoria gospel music. Agora, anunciou que está abandonando o gênero e passará a ser conhecida como cantora de Rythm & Blues [R & B], categoria popular de músicos negros. Segundo ela, a razão dessa mudança é que a igreja é muito crítica e não entende a sua música.
shei atkins

Atkins está se preparando para lançar seu novo projeto, Emotional . Ela anunciou que o novo disco marca seu  afastamento do mercado gospel.

“Uma coisa ruim da comunidade cristã é que existe uma mentalidade religiosa demais e julgam a todos. Isso nos impede de simplesmente amar as pessoas e cantar nossa música”, declarou recentemente ao site musical DaSouth.com.

“Não posso cantar sobre a vida, o amor ou relacionamentos por causa do rótulo de gospel. Não é porque eu não quero. É por causa da mentalidade estreita que muitos cristãos têm sobre a música.”

Atkins é natural de Houston, Texas, e já lançou três discos de música gospel. Três anos após seu último álbum, ela agora está se preparando para recomeçar sua carreira. Para ela, esse tempo foi importante para “orar e redefinir meus propósitos”.

Embora tenha ficado conhecida por canções como “He Can Fix It” e “Lord I Love You”, teve muita rejeição nas rádios por conta de “Temptation”, onde  descreve a situação de uma mulher quase cedendo ao pecado sexual. Parte da letra dizia “meu corpo diz que sim, mas o Senhor disse que não”.

A cantora reconheceu que sua música não seguia o estilo “gospel tradicional”. “A única coisa que incomodava é que, quando algumas pessoas ouviram músicas que não usavam o nome de Deus, diziam ‘isso não é gospel’ e o julgamento começou”, escreveu ela.

Para Atkins o mais importante  “não é o gênero musical”. Seu objetivo é  simplesmente “ajudar as pessoas através da música”. Depois de um primeiro ano de casamento difícil – que quase acabou em divórcio – ela queria fazer músicas que falassem sobre relacionamentos.

“Faço músicas para ajudar a incutir amor, honestidade, fidelidade e comunicação de volta às relações”, explica.

Sua vida nunca foi fácil e a artista tentou ser transparente e “falar a verdade” em suas canções, relatando as dores, lutas e triunfos que experimentou. E suas canções têm impactado em especial os adolescentes.

“Eu lido com vida, amor e relacionamentos. Eu não posso falar por ninguém, mas esse é o meu apelo “, disse ela. “As pessoas precisam do que Deus colocou dentro de mim. Você sabia que cerca de 50% dos casamentos cristãos terminam em divórcio? No entanto, eu era julgada por cantar músicas que falavam da vida dessas pessoas. Isso me machuca muito.” Sentindo-se limitada e julgada, tomou a decisão de sair do mercado gospel.

“Fazer R & B permite-me fazer apenas a música que Deus colocou em mim. Posso ser livre, sem limitar sobre o que posso e o que eu não posso falar. ”

Atkins já gravou com cantores de soul e rap como Kelly Rowland, Lil Flip, Paul Wall e Chamillionaire, bem como os artistas  gospel Mary J. Blige, Mary Maria e Kirk Franklin.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Cantora abandona o gênero gospel afirmando estar cansada de ser julgada pela igreja

2 Comentários

  1. Robson Lelles disse:

    O que seria do mundo sem a hipocrisia e a conivencia (II)?

Deixe o seu comentário