De graça

Carol Celico

Não importa a classe social, de onde viemos, a idade, ou o que desejamos. Quando falamos na possibilidade de ganhar algo de graça sempre nos interessamos. Porque é algo que se ganha, por mérito ou por vontade de quem te dá. É como um presente, que as vezes não conseguimos nem mesmo agradecer o prazer que tivemos em receber.

Houve um tempo em que Deus optou pela LEI para reger a relação com a humanidade para que todas as pessoas fossem abençoadas. Eram uma série de regras que, se respeitadas, se transformariam em bênçãos. Mas logo depois Ele inaugurou o tempo da GRAÇA, onde todos poderiam chegar até Deus através de um único caminho, sem o agir dos homens, sem leis, sem rituais, sem barreiras, com Cristo.

Eu acho que o significado deste novo tempo se resumiria em uma única palavra: AMOR.  Porque quando entendemos que Deus nos amou de uma maneira tão grande que enviou o seu único filho para acabar com um tempo de peso, de leis, de rituais muitas vezes difíceis de interpretar pela única vontade de nos salvar, isso só pode ser chamado de AMOR. Quando entendemos que Jesus foi mandado para viver, se alegrar e sofrer como homem, e se entregou para morrer, para que através do sangue dele (e não mais o sacrifício de animais) fôssemos limpos de nossos pecados, temos que ao menos agradecer a Deus por nos dar de graça esse novo jeito de viver.

É libertador fazer nossas escolhas não mais por obrigação, mas sim por entendermos cada vez mais e amarmos a verdade que Jesus nos deixou. E não escolhermos os caminhos que muitas vezes nos induziram a seguir, ou fazer algo porque falaram que era melhor ser feito de um jeito ou de outro, mas sim porque fomos batizados não apenas com água, mas com algo mais poderoso que nos lava.

A LEI terminou e a senha para transformar o nosso coração é o AMOR. Quando entendemos isso, passamos a desejar amar mais para errar menos. É aí que de repente sentimos que a maior coisa que podemos querer ter não é o dinheiro, não é a riqueza, não são os bens, não é um padrão de beleza, não são amizades interesseiras, e sim o nosso coração livre para conhecer e viver mais e mais esse AMOR que vem de Deus.

fonte: Tumblr da Caroline Celico

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for De graça

Deixe o seu comentário