FHC e Marina Silva trocam afagos em evento no instituto do ex-presidente

Fernando Henrique Cardoso e Marina Silva durante debate sobre o Código Florestal, realizado no Instituto FHC

Daniel Roncaglia, na Folha.com

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e a ex-presidenciável Marina Silva (sem partido) deram nesta terça-feira demonstrações de aproximação ao trocarem afagos em evento organizado pelo iFHC.

Ao iniciar sua fala, FHC creditou ao “fascínio” que Marina gera o fato do auditório estar lotado. A ex-ministra do Meio Ambiente foi convidada para um debate sobre o Código Florestal.

O tucano ainda disse que a boa relação entre os dois é antiga e que espera um dia a divulgação das cartas que trocavam quando ela era senadora pelo PT do Acre e ele, presidente.

“Marina é uma pessoa íntegra que diz as coisas com sinceridade”, disse.

A ex-presidenciável retribuiu os elogios: “o senhor tem uma responsabilidade muito grande em relação a esse debate [ambiental]”.

Segundo ela, FHC a ajudou para que o Congresso aprovasse a legislação sobre a Mata Atlântica quando era ministra do governo Lula.

“O senhor sempre ajudou com a sua bancada de senadores”, disse a ex-ministra.

Marina ainda colocou o ex-presidente na sua lista de “mantenedores de utopia”, que inclui Lula, o ambientalista Chico Mendes e o educador Paulo Freire.

“Essas pessoas nos ensinaram que não deveríamos pragmáticos, mas deveríamos ser sonhadores”, disse.

Sobre o Código Florestal, a ex-presidenciável disse que não é um projeto para a oposição ou governo faturar politicamente. “É o momento de todos irmos à cena”, afirmou.

Marina ainda classificou o evento no iFHC como um diálogo de convergência.

“Se o Instituto Lula me chamar para o debate, vou lá dizer as mesmas coisas”, completou a ex-presidenciável, para uma plateia com apoiadores seus como o empresário Ricardo Young e a socialite ambientalista Ana Paula Junqueira.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for FHC e Marina Silva trocam afagos em evento no instituto do ex-presidente

Deixe o seu comentário