Mitt Romney diz que Deus quer que EUA comandem o mundo

O ex-governador de Massachusetts, Mitt Romney, saúda cadetes antes de discursar sobre política externa

Publicado originalmente na France Presse [via Folha.com]

O pré-candidato republicano à eleição presidencial de 2012 nos Estados Unidos Mitt Romney declarou nesta sexta-feira que Deus criou os Estados Unidos para que o país liderasse o mundo e acusou o presidente democrata Barack Obama de enfraquecer voluntariamente o país.

Romney buscou fortalecer suas credenciais como potencial comandante-em-chefe das Forças Armadas, no momento em que as pesquisas o colocam em primeiro lugar nas intenções de voto entre os pré-candidatos republicanos e em forte disputa com Obama para a eleição de novembro de 2012.

“Deus não criou este país para que fosse uma nação de seguidores. Os Estados Unidos não estão destinados a ser um dos vários poderes globais em equilíbrio”, disse Romney em seu discurso de campanha mais importante sobre política externa.

“Os Estados Unidos devem conduzir o mundo ou outros o farão”, acrescentou, afirmando que o planeta seria mais perigoso se Washington não tivesse um papel de liderança. O pré-candidato republicano pronunciou este discurso no aniversário de dez anos do início da intervenção americana no Afeganistão.

“Deixem-me ser claro: como presidente dos Estados Unidos, eu me dedicarei a um século americano”, afirmou.

“Nunca, jamais, pedirei perdão em nome dos Estados Unidos”, afirmou Romney rodeado por cadetes do Citadel, um colégio militar da Carolina do Sul.

Os republicanos classificam os esforços de Obama para melhorar a imagem dos Estados Unidos fora do país como um “tour de desculpas” e acusam seu governo de enfraquecer o papel do país.

foto: Richard Ellis/France Presse

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Mitt Romney diz que Deus quer que EUA comandem o mundo

Deixe o seu comentário