No Acre, governador Tião Viana anuncia construção de Parque Gospel com verba pública

Altino Machado, no Blog da Amazônia

O governador do Acre, Tião Viana (PT), vai destinar verbas públicas do Estado e da União para construção do primeiro Parque Gospel do país, em Rio Branco.

O Parque Gospel, que ocupará uma área de 6 hectares, terá ginásio, campo de futebol, quadras polivalentes, centro de formação, restaurante, piscina e trilhas para caminhada na floresta.

Idealizado pelo deputado Henrique Afonso (PV-AC), o primeiro Parque Gospel brasileiro será construído dentro de uma área que foi desapropriada pelo governo estadual para construção de 10 mil casas populares para famílias com renda mensal de até três salários mínimos.

A área receberá 55 mil habitantes, ou seja, a mesma população de Cruzeiro do Sul, a segunda maior cidade do Estado.

Como o projeto urbanístico do conjunto habitacional contempla espaços institucionais, o deputado Henrique Afonso solicitou ao governador Tião Viana que disponibilizasse a área de 6 hectares para construção do parque.

Viana se prontificou a ceder o terreno e a ajudar na elaboração do projeto do Parque Gospel. O deputado pretende destinar R$ 5 milhões por ano em emendas ao Orçamento da União para a obra.

Na quinta-feira (13), o governador petista, durante reunião com membros da Associação dos Ministros do Evangelho no Acre (Ameacre), anunciou a disposição de tocar a construção do Parque Gospel.

– Nós não sabemos ainda o valor global da obra. O ginásio que será construído, com capacidade para 3 ou 4 mil pessoas, vai custar de R$ 15 a R$ 20 milhões. Portanto, apenas o ginásio vai consumir o valor total das emendas do deputado – assinala o arquiteto Wolvenar Camargo Filho, secretário estadual de Obras.

Pastores evangélicos ficaram exultantes com a magnitude do projeto do Parque Gospel apresentado pelo governo estadual.

O pastor Marco Mardine disse que o governador merece “voto de apreciação pelo desempenho e praticidade na condução” do projeto.

– O Parque Gospel será um marco na história da comunidade evangélica não só do Estado do Acre, mas para todo povo evangélico brasileiro. No momento não há registro de nenhum Parque Gospel nesta envergadura, com sua estrutura na área de esporte, lazer, cultura e religião – afirmou Mardine.

Pesou na decisão do governador os seus esforços para atrair os eleitores evangélicos e tentar salvar o PT de nova derrota em Rio Branco no próximo ano. Tião Viana prometeu durante a campanha eleitoral construir um hospital evangélico.

Redes sociais reagem

Por conta do compromisso de construir o Parque Gospel, o governador Tião Viana tem sido criticado nas redes sociais pelos que defendem um estado laico. As críticas se intensificaram neste domingo (16), sobretudo no Twitter.

– Se um estado é laico de fato, não investe em obra pública que vai servir ao proselitismo de uma só religião! – tuitou o deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ).

O governador usou o Twitter para tentar minimizar as críticas:

– O twitter, hoje [domingo], tá divertido… – escreveu Viana.

O professor de literatura Idelber Avelar considerou a reação do governador “um escárnio contra 16 constituintes petistas, Lula incluído, que lutaram pelo laicismo na Constituição Federal”.

Em maio, durante manifestação de evangélicos “contra a heterofobia”, em frente ao Palácio Rio Branco, sede do governo estadual, Tião Viana, que é católico, prometeu que vai “garantir que a sociedade seja regida por leis cristãs”.

O presidente do diretório regional do PT no Acre, Leonardo de Brito, se atrapalhou ao tentar defender a liberdade religiosa de alguns religiosos que pregam a extinção das demais religiões.

– Continuamos radicais na defesa do Estado Laico da mesma forma em que defendemos a liberdade religiosa – disse Brito à imprensa local.

dica da Rayssa Natani

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for No Acre, governador Tião Viana anuncia construção de Parque Gospel com verba pública

8 Comentários

  1. Gabriel Nagib disse:

    Ê Brasil, cada vez cavando mais sua própria cova.

  2. Marcelo disse:

    Estou com vergonha de ser acriano, pois este governo so com interesses proprios, vamos agir com responssabilidade senhor tiao e nao pensando em votos!

  3. Fcarlosgomes disse:

    Não concordo. Isso é fazer proselitismo e inclusivismo religioso. Sem falar da possibilidade de se estar colocando os crentes no constrangimento de ter de votar no PT nas próximas eleições.

    É Totalmente anti-cristão. Isso vai criar mais antipatia do que bênçãos à toda sociedade, quer seja de crentes ou não.

    O povo evangélico tem que ficar atento a essas aparentes bênçãos.

    Para não ficar apenas na crítica, eis uma sugestão: que tal o governo aplicar esses milhões em programas para resgatar crianças de rua, de situações de risco, e para criação de creches, de igrejas-creches, e assim cuidar mais de quem mais precisa?

    Francisco Carlos, acriano e presbiteriano

  4. Ricardo Pereira disse:

    “Pesou na decisão do governador os seus esforços para atrair os eleitores evangélicos e tentar salvar o PT de nova derrota em Rio Branco no próximo ano. Tião Viana prometeu durante a campanha eleitoral construir um hospital evangélico.”

    Que eu saiba o atual prefeito de Rio Branco é do PT, e seu antecessor também…

    [ ]’s ricardo

  5. Luiz César disse:

    Quando dinheiro público é usado no país para construção de sambódromos, macumbódromus, Monumentos católicos, aos orixás; todos batem palmas e dizem que é por causa da cultura ou para atender essa ou aquela parcela da população… 

  6. Quando virar referência e começar a dar retorno com turismo, emprego e etc ninguém mais vai criticar.

Deixe o seu comentário