Ex-prostituta solta a bomba: ‘Fiz vários programas com padres e pastores’

Valéria Souza, no Meia Hora

A escritora internacional e ex-garota de programa Vanessa de Oliveira lança seu quinto livro, Reunião de Bruxas – O Livre Arbítrio é Sagrado, que aborda religião e traz detalhes curiosos da sua vida sexual, como já ter transado com padres e pastores.

Vanessa afirma que sempre foi religiosa. “As pessoas pensam que alguém ligado ao sexo está alienado do mundo espiritual. Garotas de programa acreditam em Deus também. Neste livro, eu faço uma reflexão sobre Deus. Todos têm uma missão, mas depende de você. Deus não julga e não determinou que eu fosse garota de programa. Foi escolha minha”, diz a escritora.

Achava que ia para o inferno

Durante seus cinco anos na prostituição, Vanessa teve como clientes padres e pastores. “Fiz vários programas com alguns padres e pastores, nem por isso eles eram pessoas ruins. Muitos líderes religiosos não têm conduta exemplar. Eles sentem o chamado de Deus e fazem os votos. Mas não têm experiência sexual e necessitam de sexo. Lá dentro da igreja, eles veem que o celibatário é uma bobagem. O mais importante é o trabalho na igreja, não se eles fazem sexo. Muitos acabam contratando garotas de programa”, conta ela, que sofreu crises existenciais e achava que iria para o inferno. “No primeiro ano de trabalho, eu me julgava e achava que ia para o inferno por fazer programas. Todas as vezes que procurei a igreja, a porta estava fechada, porque passava das 18h. O que me trouxe alívio foi o livro de espiritismo de Allan Kardec”, lembra.

‘Rezava transando com os clientes’

Vanessa de Oliveira não se considera pecadora porque foi garota de programa. “Não sou pecadora por isso. Tenho outros pecados. Toda mulher que gosta de sexo reza. Quantas vezes eu rezava para mim transando com os meus clientes. Eu rezava Pai-Nosso e Ave-Maria ou contava 1, 2… Ou contava quanto de dinheiro tinha conseguido naquele dia e o que eu iria comer quando eu saísse dali. Era só o meu corpo que estava ali”, conta ela, que teve um cliente dentista que gostava de se vestir de padre e outro, médico, que fingia ser ele a freira e ela o padre.

O livro narra o encontro de cinco bruxas através dos séculos com a missão de revelar as leis universais da magia. O lançamento será no próximo dia 31, Dia das Bruxas, em Sampa.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Ex-prostituta solta a bomba: ‘Fiz vários programas com padres e pastores’

3 Comentários

  1. Diego Guimarães Gontijo disse:

    Muito fácil pra qualquer um chegar e dizer que dormiu com A e B. Não há limites para a difamação, quando se conta com o falso testemunho.

  2. Milao2003 disse:

    Esse post esta no Blog ” Religião é Veneno” onde discuti exaustivamente com ateus comentaristas, abandonei o debate porque só estava provocando ira nos comentaristas ateus, sem que houvesse um convencimento qualquer em ambas as partes, achei que minha atitude não era construtiva. Quanto ao tema ou temas do post, fica claro que essa prostituta não tem moral para falar dos companheiros de alcova, sejam eles quem forem, por outro lado, percebemos a hipocrisia crescente dos ditos : líderes religiosos cristãos. Quanto aos ateus, principalmente estes que criticam os hipócritas religiosos, que moral eles tem pra isso? se não só praticam a mesma coisa como a aprovam? ah! mas não são hipócritas!, afinal coerência na promiscuidade justifica o comportamento, vamos nos prostituir, mas com a devida sinceridade.

    marcilio leão

  3. Aurian de Lira disse:

    Comentário inconsequente: Se isso aconteceu, talvez ela tenha contribuído para poupar alguma criança de ações de pedófilos.  Vai-se saber…

Deixe o seu comentário