Adultos se sentem mais contentes com a vida aos 38 anos

Patricia Zwipp, no Portal Terra

Engana-se quem pensa que as pessoas na faixa dos 20 anos são as mais felizes. Podem até ter a pele mais firme e mais disposição para passar noites em festas, mas as com 38 anos são as que se sentem mais contentes com a vida, de acordo com uma pesquisa do jornal The Huffington Post, do Reino Unido.

O levantamento pediu a 2 mil voluntários entre 18 e 80 anos que dissessem o momento em que ficaram mais satisfeitos e confiantes em diferentes situações. Quando se junta relacionamento, carreira, amigos e familiares, os britânicos, em média, encontram o equilíbrio aos 38. Mas os entrevistados com mais de 55 indicaram os 48 como o ápice.

Em uma época em que as mulheres são encorajadas a perseguir a eterna juventude, é a partir dos 31 que se sentem mais à vontade com a imagem corporal e atingem picos de confiança sexual, itens que tendem a aumentar com o passar do tempo.

Aos 35, os adultos estão mais seguros em situações sociais, mas o grupo de 55 ou mais indica os 43. É aos 34 que se consegue alcançar o equilíbrio entre trabalho e vida.

De maneira geral, os britânicos se mostraram otimistas em relação ao futuro, sendo que quase metade (43%) afirma se sentir feliz quando pensa no que está por vir. Ironicamente, é a geração mais jovem que se mostra mais preocupada com o envelhecimento, com 46% da faixa entre 18 e 24 em comparação com 35% dos acima de 55.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Adultos se sentem mais contentes com a vida aos 38 anos

Deixe o seu comentário