Silas Malafaia diz que vai “fornicar” Toni Reis, líder da causa gay

Foto do Outdoor que o Silas Malafaia colocou Rio de Janeiro

Humberto Maia Junior, na Época

Em guerra com militantes da causa gay, o pastor evangélico Silas Mafalaia, da Igreja Vitória em Cristo, disse que vai “fornicar”, “arrombar” e “arrebentar” Toni Reis, presidente da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT). As declarações foram feitas em entrevista a ÉPOCA nesta quinta-feira (10). Malafaia chama Reis de “bandido” e “safado”. Diz ainda que vai entrar com queixa crime contra ele por causa da polêmica de um vídeo de 41 segundos colocado no YouTube.

O vídeo em questão tenta associar uma fala de Malafaia a agressões sofridas por um um casal homossexual na avenida Paulista, em São Paulo. Mafalaia aparece no vídeo fazendo a seguinte declaração: “É para a Igreja Católica entrar de pau em cima desses caras, baixar o porrete em cima”. O pastor falava sobre um grupo de homossexuais que, segundo ele, teriam ridicularizado símbolos católicos na Parada Gay de São Paulo. Após essa fala, o vídeo mostra uma reportagem a respeito das agressões contra o casal gay. Toni Reis encaminhou o material ao Ministério das Comunicações e à procuradora geral dos Direitos do Cidadão, Gilda Carvalho, pedindo para verificar se o caso configura incentivo à violência e à discriminação.

Para Malafaia, a edição do vídeo no YouTube é tendenciosa e leva as pessoas a concluírem que ele incita a violência a homossexuais. “Nunca mandei bater em homossexual porque não sou imbecil nem idiota”, afirmou. “Eu vou arrebentar o Toni Reis. Eu não tenho advogado de porta de xadrez (cadeia). A minha banca aqui de advogados é uma das maiores que tem. Eu vou fornicar esse bandido, esse safado.” Em seguida, afirma que “baixaria do movimento gay” é “coisa de bandido” e de “mau caráter”. Depois de citar a queixa crime, diz, sem completar: “Eu vou arrombar com esses…”

Reis ironizou as declarações de Malafaia. “Ele não faz o meu tipo. Não vou deixar ele me fornicar, embora eu goste da coisa. (Para fazer isso) vai ter de me conquistar, mas eu estou muito bem casado com um inglês. Se fizer sem eu permitir, é estupro, atentado violento ao pudor.” Em seguida, sério, Reis lamentou as afirmações do pastor da Igreja Vitória em Cristo. “Isso não é postura de um pastor.”

foto: Blogando Gospel

Atualização: 22h20

Nota da redação:

Poucos minutos após ÉPOCA publicar o texto acima, o pastor Silas Malafaia divulgou mensagens no Twitter dizendo que sua declaração havia sido deturpada. “Nessa guerra de manipulação de vídeo que o movimento gay fez, eu disse ao jornalista que ia ‘funicar’, e não ‘fornicar’, como ele publicou”, foi um de seus tuites. A expressão “funicar”, reivindicada por Malafaia, não existe em nenhum dos quatro principais dicionários da língua portuguesa, o Aurélio, o Houaiss, o Luft e o Michaelis. O áudio do trecho da entrevista em que Malafaia faz a declaração está disponível aqui.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Silas Malafaia diz que vai “fornicar” Toni Reis, líder da causa gay

14 Comentários

  1. O Silas Malafaia ainda vai perder suas pregas de tanto furor.

  2. Isaac Marinho disse:

    “Funicar”, “furnicar” ou “fornicar”… tanto faz. Pela forma de falar, o Silão queria dizer mesmo que ia f*der… 

    Não precisava dizer aquilo. Bastava ter se gabado dos seus advogados e pronto.

  3. Eu realmente ri muito de tudo isso. Deus que me perdoe, mas umas experienciazinhas na infância fazem muita falta para algumas pessoas no futuro…

  4. Thiago Bernardo Fernandes Barb disse:

    O Malavéia deveria sumir, largar o “ministério” repensar seus conceitos, realmente ver a graça de Deus e parar com esses lances de intolerância.

  5. Rodrigo disse:

    Acho que o Pastor Silas está em um caminho equivocado de combate à prática homossexual. Entendo que deixando a posição claro dos cristãos evangélicos já seria o suficiente. Temos que amar as pessoas e não perguntar o seu pecado, pois o Senhor trata o pecador e o convence. 
    O homossexualismo não é um pecado social, como o roubo p.ex., mas é um pecado natural e a nosso instrumento de fé é claro sobre ele. Mas prefiro os líderes que erram dessa forma, sem serem omissos, pois tem um montão por aí que nem toca no assunto. Que o Senhor o ilumine, que dê calma e uma nova abordagem nessa batalha, acho que a melhor abordagem é a da escolha, ou seja, a gente prega a Cristo e cada um deve escolher por Ele, senão vira inquisição. E, por favor Pastor para de xingar a galera…

  6. Ruybarbosasjr disse:

    Os frutos do Espírito Santo de Deus são:AMOR,ALEGRIA,PAZ,LONGANIMIDADE,BENIGNIDADE,FIDELIDADE,TEMPERANÇA,DOMÍNIO PRÓPRIO e o contrário é: DESPREZO, ÓDIO,TRIBULAÇÃO,ANSIEDADE,MALDADE,TRAIÇÃO,DESIQUILÍBRIO, POSSE DEMONÍACA. A natureza do Homem é de Deus, mas o seu natural é errar e pecar porque pecou um dia o primeiro homem: Arrependei vos em Cristo, porque está próximo o dia do JUÍZO,Não julgai para que não sejais julgado, esta função é do próprio Deus que se fez carne e  morreu em nosso lugar, e morte de Cruz por nos amar primeiro, ressuscitou venceu a morte, e está para buscar os que fazem  o que é bom perfeito e agradável ao seus olhos que é onisciente,onipotente,onipresente.ARREPENDEI-VOS! 

  7. Gabriel Vescovi disse:

    uhaeuahuehuaheuha, to rindo muito disso. ganhei o dia!

  8. Depois que leu, deve ter visto que no seu discurso impregnado de ódio, estava apresentando uma série de atos falhos.  Apresenta um comportamento excessivamente grotesco. Infelizmente muitos que se dizem filhos de Deus se acham superiores aos que classificam como criaturas de Deus. É no mínimo vergonhoso para um cristão, esse tipo de conduta.

  9. Andrea Fernandes disse:

    Dá uma enxada e um cafezal cheio de capim marmelada pra ele carpir, que a vontade de “funicar” passa.

  10. Presidecia disse:

    NOTA OFICIALABGLT repudia ameaças do pastor Silas MalafaiaPastor afirmou que vai “arrebentar” e “funicar” (sic) Toni Reis
    http://www.abglt.org.br/port/basecoluna.php?cod=194

  11. Carlin disse:

    Esta obsessão em combater à causa gay já está um tanto quanto suspeita. Ou ele é, ou foi, ou ainda será… A pessoa devia ter um mínimo de senso de ridículo. Esta é uma briga óbviamente distante de tudo que o Evangelho chama de legítimo. Fica fácil entendermos que Jesus jamais agiria desta forma tão agressiva e odiosa. O alvo da intolerância de Jesus invariávelmente era os religiosos que, diga-se de passagem, eram muitíssimo semelhantes ao Mala em seu espírito inquisidor.

  12. Carlos Eduardo disse:

    O meu ponto de vista é, descutir sexo dos anjos não leva a nada. A Biblia é clara, no futuro vamos ver se nos encontramos junto com Cristo, que vai estar lá. É Biblico. Carlos Marília.

Deixe o seu comentário