44% dos jovens brasileiros preferem redes sociais a salário alto

Publicado originalmente no Adnews

Uma pesquisa realizada pela Cisco Connected World Tecnology constatou que 44% dos jovens profissionais brasileiros, para serem contratados, preferem que o trabalho permita o acesso às redes sociais a receber um salário alto. A média mundial é de 33%.

Cerca de 56% de todos os entrevistados disseram que, caso encontrassem uma empresa que proibisse o uso das redes, não aceitariam a vaga de emprego ou tentariam contornar a política da empresa. No Brasil, o percentual foi de 74%.

Segundo a pesquisa, 90% dos jovens profissionais brasileiros planejam fazer perguntas relacionadas ao uso de mídias sociais na entrevistas de emprego. Para 53%, esse é um fator relevante para a proposta ser aceita ou não.

O estudo levou em conta 2800 estudantes universitários e jovens de 14 países.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for 44% dos jovens brasileiros preferem redes sociais a salário alto

2 Comentários

Deixe o seu comentário