Que deselegante: Silas Malafaia chama a jornalista Eliane Brum de “vagabunda” em entrevista ao NYT


x
O The New York Times publicou ontem uma extensa matéria sobre Silas Malafaia. O jornalista Simon Romero mencionou todas as polêmicas recentes em que o televangelista se envolveu, inclusive a questão de “funicar” um líder do movimento LGBT.

“Sou o inimigo número 1 do movimento gay no Brasil”, disse Malafaia em entrevista na cidade de Fortaleza. Segundo o jornal, o evento que ele realizou na cidade reuniu um público de 200 mil pessoas.

Especialista em religiões latino-americanas pela Virginia Commonwealth University, Andrew Chesnut comparou Malafaia a Pat Robertson, numa alusão infelizmente bem própria.

Perguntando sobre A dura vida dos ateus em um Brasil cada vez mais evangélico, texto da escritora Eliane Brum que obteve ampla repercussão no país, o líder evangélico mostrou novamente sua incontinência verbal, chamando-a de “vagabunda” (tramp). Avisada por um leitor, a jornalista há pouco se manifestou no Twitter com apenas uma palavra: chocada.

A gente também, Eliane. Aludindo às palavras do cara que o Malafaia apregoa seguir, “ele não sabe o que faz… tampouco o que diz”.

foto: Mauricio Lima/ The New York Times

dica do Moisés Lourenço

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Que deselegante: Silas Malafaia chama a jornalista Eliane Brum de “vagabunda” em entrevista ao NYT

18 Comentários

  1. David Santos disse:

    Com toda certezam foi um erro de interpretação do repórter, já já ele esclarece.

  2. Mais um episódio do Silas…

    Não concordo com nada do que ele fala. Para mim, quando ele diz
    algo, soa como se eu tivesse de viver e crer ao contrário.  A equidistância entre o que penso e o que ele
    pensa é gigante e encontrar um ponto de convergência, seria igualmente àquela missão
    de provocar o encontro das renas (polo norte) com os pinguins (polo sul). Em
    tempo de natal, talvez o papai Noel conseguisse tamanha façanha.

    Um cego consegue vê nos olhos do Malafaia, autenticado pelo seu
    evangelho discernido por viés xiita, uma característica estranha: O ÓDIO.

    Como grande parte do segmento evangélico pode apoiar um
    pastor que transpira ódio no púlpito sacralizado por eles mesmos como se fosse
    um tabernáculo, porém transvertido pela sua total capacidade de reinventar-se
    cruel e desumano?

    Às vezes penso que o Brasil merece gente desta esfinge.
    Talvez ele seja o inconsciente coletivo encarnado do povo brasileiro…

    Não existe um motivo sequer para ficar ao lado deste homem.
    Se um anjo descer do céu e pregar outro evangelho, que seja anátema e se for um
    homem, por que ainda o levar a sério com tremor e temor, sendo de que, obviamente,
    dever-se-ia ignorá-lo, ao menos, conforme as instruções canônicas? Que espécies
    de cristãos estão nascendo e dominando este Brasil?

     Chamar uma mulher de
    vagabunda é feio. Isso em plena época em que se difunde o “Fim da violência
    contra a mulher”.

    Sr. Silas, me responda, se a Eliane é vagabunda por ser
    ateia e por escrever sobre isso, por que razão você não seria um vagabundo ou
    um alienado na ótica do ateu?

    Ora, se ser vagabundo está relativamente ligado ao fato de
    alguém simplesmente não crer em Deus, você corrobora com a ideia de que crer em
    Deus, é indiscutivelmente uma questão de ignorância e alienação, pois quando
    você atrela um ponto-de-vista sobre Deus com uma qualidade do ser humano, você
    dá um tiro no seu próprio pé. Quando você se antecipa no julgamento moral, você
    atesta qualquer antecipação de julgamento moral a você.

    Sr. Silas, ninguém á alienado ou vagabundo por crer ou
    descrer de Deus. Essa é uma discussão periférica ao qual o senhor está imbuído e
    fadado ao ostracismo. Você pode levar anos para construir o teu muro de Berlim,
    mas o tempo a derrubará pela força natural da reciclagem das ideias e pela
    sobrevivência do bem, mesmo a despeito de vivermos num país que te aplaude e
    que ofusca o bem.

    • João Maia disse:

      Ele só pediu desculpas para não ver suas arrecadações( para pagar programas de tv, rsss ) despencar, mas no íntimo continuará pensando da mesmíssima forma. Isso aí nada mas é, senão um bispo Macedo melhorado. Saudades da Assembléia de Deus de antigamente, onde os pastores eram verdadeiros homens de Deus, os quais podiam ser chamados de homens dignos, que plantaram as primeiras sementes do evangelho no Brasil, para que hoje estes que aí estão se beneficiem adulterando o evangelho que aqui foi pregado no início. E este Malafaia eu já vi na tv chamar suas ovelhas de ”cara de tacho” só prque não o aplaudiram quando pregava no púlpito, tão logo foram ofendidas passaram a aplaudi-lo. Hoje a Assembléia de Deus aplaude o homem, o homem do dinheiro.

  3. Chicco Sal disse:

    Não nutro nem um pouco de simpatia pelo tipo Malafaia, contudo faz-se necessário corrigir um erro grotesco de tradução: tramp refere-se a uma pessoa que não tem o que fazer e que vive fazendo barulho; na lingua inglesa utilizaríamos ‘hooker’ ou ‘bitch’ como equivalente ao nosso uso para a palavra ‘vagabunda’ aqui no Brasil. 

    • Pinha disse:

      Não senhor, Tramp é vagabundo(a) sim, assim como também é prostituta, o nome disso é “sinônimo”, então deixa de se achar o sabichão só para aparecer, pois cai sobre ti a taxação de Pseudo-intelectual óbvio.
       Tramp:
      3. One who travels aimlessly about on foot, doing odd jobs or begging for a living; a vagrant.
      4. a. A prostitute.b. A person regarded as promiscuous.Fonte:http://www.thefreedictionary.com/tramp

      • Chicco Sal disse:

        Caro Pinha,

        Entre significados semânticos denotados ou conotados, sabedores que somos que o que define o significado é a sentença e não a palavra em si, aproveitando teu alto saber referenciando o ‘Free Dictionary’, também gostaria de trazer à tela duas outras referências para sua apreciação: 1) A canção ‘The lady is a tramp’ famosa na voz de Frank Sinatra que você pode ouvir, ler a letra no original e uma ‘tradução’ e ver como ‘ficou’ [ http://letras.terra.com.br/frank-sinatra/242594/traducao.html] ; 2) O célebre desenho animado ‘The Lady and the tramp’ de Walt Disney, do qual você poderá ver a resenha aqui [ http://pt.wikipedia.org/wiki/A_Dama_e_o_Vagabundo]. 

        ‘Tramp’ é gíria que se fez famosa durante a Grande Depressão [1920-1940] causada pela queda das Bolsa de Valor em 1929 e que obrigou milhares e milhares de pessoas a PERAMBULAR pela América em busca de um trabalho e mendigar por comida.

        A palavra ‘vagabond’ em inglês é seu sinônimo verdadeiro [há outros dois] mas trata-se de um falso cognato quando vertida para Português.

        No espírito de Provérbios 9:9, agradeço muito ‘pela dura’ que você me deu.

        Grande Abraço,

        Chicco Sal

  4. Jessermedeiros disse:

    A boca só fala daquilo que o coração está cheio . O malafeia atualmente não carrega nada de bom dentro de si. O negócio dele é grana e nada mais. Esse comportamento dele condiz com sua atual situação.

  5. Weslley Talaveira disse:

    A melhor coisa que fiz na minha vida foi sair do meio dos evangélicos!

  6. Mariza Cavalcante Gonçalves disse:

    Por certo, esse tal de Malafaia é um gay enrustido, com crises histéricas de homofobia.Queria ele ser o chulé de Eliane Brum, uma das melhores jornalistas do Brasil.O texto A dura vida dos ateus em um Brasil cada vez mais evangélico, é perfeito, somente Eliane, com sua competência para retratar a mais pura realidade. Respeite a Eliane seu moleque, respeite as mulheres brasileiras.

  7. Não entendi a surpresa. O que esperar desse verme? Por trás das câmeras, esse deve ser o termo mais leve que ele usa para definir quem não concorda com as idéias medíocres que ele tem

  8. Sergio Gleria disse:

    Enquanto nosso país for comandado por esses 3 poderes corruptos e esses lamentáveis “líderes religiosos”, não vejo nenhum futuro para nós…

  9. Limitude disse:

    Não vejo motivo para tanta repercussão do artigo da Eliane na revista Época.
    Sinceramente, é uma artigo bem vagabundo, isto é, sem uso suficiente da inteligência e com alguns deslizes éticos bem graves.
    Agora, se ela também é vagabunda, não sei…

  10. TomCesar disse:

    eu apoio o Silas e nao apoio esse site 

  11. Guima disse:

    Ola queridos; Não vim acusar e nem defender ninguém mas em João capitulo: 8 e Versículo 7  
    Jesus Disse: Aquele que dentre vós estiver sem pecado seja o primeiro que lhe atire pedra.  

  12. Caroline ' disse:

    Pelo que lemos acima, ele não a chamou de “vagabunda” e sim de tramp, o que significa   pessoa que não tem o que fazer e que vive fazendo barulho. Ou seja, um erro de tradução, faz com que pessoas que desconhecem o meio evangélico, se achem no direito de julgar um pastor, um escolhido do Senhor. E a bíblia é clara, “ai daquele que se levantar contra um escolhido do Senhor’ e Quando Deus diz ai meu irmão…..
    Amem a Deus sobre todas as Coisas amados, nós humanos somos falhos, TODOS nós!!!

    • Luiz disse:

      Quando a biblia fala dos escolhidos , ela se refere aos pequenos e justamente aqueles que eram perseguidos pelo faraó , e que caminhavam em terras estranhas em direção a terra prometida , para que ninguém os perseguir se e não a esses pastores que conhecem a palavra e a usam da mesma maneira que os fariseus faziam a 2000 atrás

Deixe o seu comentário