7 passos para adquirir bons hábitos de trabalho fora do escritório

Texto escrito por Jeff Wuorio em Pensando Grande

Seu laptop foi construído para o trabalho fora do escritório. A garantia de que sua autodisciplina o acompanhará na viagem já é outra história.

Muitos empresários e executivos associam o ambiente do escritório com a vontade de trabalhar. Dessa forma, temem que eles próprios — ou seus funcionários — sejam menos diligentes ao trabalhar em casa ou em um quarto de hotel.

Mas manter a autodisciplina fora do escritório é apenas uma questão de planejamento. Apresentamos a seguir sete estratégias selecionadas entre comentários de especialistas e a partir de minhas próprias experiências.

1. Conheça seu estilo de trabalho. A doutrina filosófica é particularmente importante para a disciplina longe do ambiente do escritório. Pense em como você é mais produtivo: sendo proativo e realizando as tarefas com antecedência ou trabalhando exaustivamente para cumprir prazos apertados. Saber o que estimula a sua produtividade pode ajudá-lo a estabelecer padrões e sistemas de trabalho que reforçam a sua disciplina. “Você é motivado pela sensação de tranquilidade ou de medo?”, pergunta Jan Jasper, autora de Take Back Your Time: How to Regain Control of Work, Information and Technology (Recupere o seu Tempo: Como Retomar o Controle do Trabalho, das Informações e das Tecnologias). “Algumas pessoas não precisam planejar antecipadamente porque sua disciplina depende da adrenalina“.

2. Mantenha uma lista de todas as tarefas pendentes. Seja para cumprir as obrigações com antecipação ou para entrar em ação na última hora, anotar tudo o que precisa ser realizado é ainda mais importante fora das instalações do escritório. Você está longe das pessoas que poderiam lembrá-lo do que deve ser feito. Saber com detalhes quais são as tarefas e quando elas devem ser executadas pode ajudar a manter a concentração e a motivação. Seja como for, com um PDA ou uma agenda, faça do planejamento de suas atividades uma obsessão.

3. Monte um espaço de trabalho confortável. Os anúncios que mostram um executivo esparramado em uma cama de hotel, com o celular em uma das mãos e a calculadora na outra, pertencem ao “submundo” da Madison Avenue. Normalmente, a disciplina fora do escritório é despertada por cenários que remetem ao trabalho. Não importa onde esteja, destine um local exclusivo para o trabalho. Jasper sugere levar fotos de família e canções favoritas para intensificar a percepção de que é nesse lugar que o trabalho vai acontecer. “É importante organizar as coisas de modo que você possa funcionar”, diz ela.

4. Veja o tempo de outra forma. Uma das armadilhas para a disciplina fora do escritório é o tempo — ou melhor, a falta de um horário regular para os eventos, sejam eles reuniões ou almoços de negócios. Elas podem gerar períodos de ociosidade e, é claro, lapsos de produtividade. Planeje antes para aproveitar ao máximo aqueles poucos minutos aqui e ali e, assim, conservar a disciplina. Reconhecendo a importância de trabalhar quando o tempo permite, muitos aeroportos oferecem estações de trabalho para os executivos entre os voos. Da mesma maneira, você pode ler um artigo de negócios quando seu voo for o décimo na lista de decolagem. Lisa Kanarek, fundadora do HomeOfficeLife.com, sugere recortar os artigos de interesse em vez de levar revistas inteiras. Assim você carrega menos peso e se concentra no que mais lhe interessa.

5. Mantenha uma rotatividade da papelada. Trabalhar fora do escritório geralmente significa ter um espaço limitado. Isso, por sua vez, torna o gerenciamento da papelada fundamental. Arquive os documentos concluídos e recicle todos os papéis que não forem mais necessários. Como aponta Jasper, nada desencoraja ou incapacita mais a disciplina que uma montanha de papéis e nenhum sinal do que é importante e do que está ali desde 2008. “A simples eliminação de cada pedacinho de papel desnecessário pode fazer maravilhas por seu estado de espírito”, afirma.

6. Permaneça em contato com o escritório, mas com cautela. Comunicar-se com os colegas que estão no centro da cidade (ou em outro estado) não é apenas essencial para a mecânica de um dia de trabalho; pode também contribuir muito para a disciplina. Ao conversar com outros funcionários da empresa, mesmo sem vê-los, não nos esquecemos das pessoas que estão contando conosco. Mas adapte essa comunicação às suas necessidades. Embora seja útil falar com algumas pessoas regularmente, pode ser melhor esquivar-se de outras que, por exemplo, levam uma hora para explicar um problema de dois minutos. “Determine o nível de contato mais conveniente para você”, diz Jasper. “Os problemas de comunicação são muito maiores quando temos que lidar com eles fora do escritório”.

7. Conheça os perigos da procrastinação — e os evite. Adiar tarefas importantes atrapalha a disciplina em qualquer situação, mas é um hábito especialmente destrutivo quando estamos longe do escritório. Em primeiro lugar, não há ninguém por perto para alertá-lo. Além disso, uma tarefa que é repetidamente colocada no final da fila até se tornar uma verdadeira dor de cabeça pode drenar o tempo de outras responsabilidades — uma carga de trabalho que gera desespero em vez de contribuir para a disciplina construtiva. “A procrastinação é terrivelmente prejudicial”, alerta Jasper. “Quanto mais você adia, mais transforma um dever de rotina em algo doloroso”.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for 7 passos para adquirir bons hábitos de trabalho fora do escritório

Deixe o seu comentário