Pessoas distraídas têm mais matéria cinzenta no cérebro, diz pesquisa

Publicado originalmente no Universia

De acordo com um estudo publicado no Journal of Neuroscience, as pessoas distraídas têm um maior volume de massa cinzenta nessa região do córtex cerebral, uma constatação aparentemente contraditória, já que em teoria o maior número de neurônios ajuda a manter a concentração.

A massa cinzenta é a região do sistema nervoso que comporta apenas os pericários e as células da neuróglia, não possuindo mielina e apresentando-se, por isso, de cor cinzenta.

Para Ryota Kanai, pesquisador da University College London, em Londres e co-autor do estudo, na era da sobrecarga de informação, a atenção é um desafio.

A pesquisa foi realizada com os cérebros de 145 indivíduos que haviam preenchido um questionário, a fim de calcular sua distração na vida diária, tendo lapsos mentais, esquecendo onde pararam o carro no shopping ou o que devem comprar no supermercado.

Os resultados mostraram que existem algumas diferenças no cérebro que estão relacionadas à capacidade de manter a atenção. Especificamente, quanto maior o número de neurônios do lóbulo parietal superior do hemisfério esquerdo de um assunto, maior sua tendência à distração.

A hipótese de Kanai é que com o amadurecimento do cérebro alguns neurônios e conexões neurais são destruídos, este processo ajuda a controlar a atenção. Segundo a pesquisa, pessoas com mais massa cinzenta no córtex cerebral tendem a ser um pouco mais infantil e consequentemente, mais distraídos.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Pessoas distraídas têm mais matéria cinzenta no cérebro, diz pesquisa

2 Comentários

  1. sei não…
    minha distração é tamanha q nem imagino onde esteve td esse tempo essa massa cinzenta, rsrsrs…

  2. Robson Lelles disse:

    Futuro cinzento para a juventude.

Deixe o seu comentário