Vereadores de Aracruz (ES) contratam espírita para verificar se fraudes foram denunciadas

ORVANIR PEDRO BOSCHETTI (PMDB), OZAIR COUTINHO GONÇALVES AUER (PMDB) e GILBERTO FURIERI (PMDB)
O espírita teria sido contratado pelos vereadores Orvanir Bosquetti (PMDB), Ozair Coutinho Auer (PMDB) e Gil Furieri (PMDB)

Letícia Cardoso, na Gazeta Online

O esquema criminoso denunciado pelo Ministério Público no município de Aracruz vai muito além das práticas mais comuns envolvendo a apropriação ilícita de recursos públicos. Depoimentos de testemunhas revelam que a quadrilha de vereadores e de servidores públicos contrataram “uma pessoa espírita para avaliar as energias do depoente e verificar se ele havia cooperado com as autoridades e delatado os esquemas que circundam a Câmara Municipal”, salienta um trecho da denúncia.

O espírita teria sido contratado pelos vereadores Orvanir Bosquetti (PMDB), Ozair Coutinho Gonçalves Auer (PMDB) e Gil Furieri (PMDB); e também pelo marido da vereadora Ozair, o ex-vereador, Ismael Daros Auer para ‘avaliar’ a testemunha, logo após ela ter saído da cadeia. De acordo com depoimentos ao Ministério Público, eles “atuam em bloco e são capazes de matar quem atravessar o caminho deles”. Os quatro estão presos.

As ameaças também se tornaram uma peça de intimidação adotada pela quadrilha. Uma outra testemunha contou que ao chegar no sítio de Gil Furieri, no distrito de Guaraná, foi obrigada a levantar a perna da calça para ser revistada, por imposição dos que estavam presentes. Além dos quatro, o vereador Jocimar Rodrigues Borges (PSB) participava do encontro. Ele também está preso. Leia +.

dica do Robson Ribeiro

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Vereadores de Aracruz (ES) contratam espírita para verificar se fraudes foram denunciadas

1 Comentário

Deixe o seu comentário