Sem teto consegue abrigo com ajuda do Twitter nos EUA

Publicado originalmente no G1

AnnMarie Walsh, de 41 anos, que relatava suas experiências de não ter onde morar no Twitter conseguiu um lugar temporário para ficar com a ajuda do microblog, segundo relatou o blog Mashable, em entrevista publicada nesta sexta-feira (6).

Em seu perfil ela avisa que não é mais sem teto desde 7 de abril de 2011. Ela mora em Chicago, nos Estados Unidos.

O blog afirma que Walsh conseguiu abrigo após conhecer uma pessoa em um evento chamado Tweetup, que reúne tuiteiros. “É bom saber que existe alguém lá. Eu tuitava e sempre tinha alguém ouvindo”, declarou ao blog Walsh, que tem mais de 5.300 seguidores no Twitter.

Walsh também mantém um blog em que se descreve como alguém que luta com problemas “pessoais, médicos e mentais”. Ela conta que é uma mãe de dois filhos divorciada e que não vê as crianças há mais de três anos.

Quando era sem teto, ela usava computadores de bibliotecas e celulares para tuitar. “O microblog me ajudou a funcionar melhor em sociedade. Eu usei para expressar meus sentimentos”, contou ao blog.

Em um check-in feito por meio do Foursquare na última quinta-feira (5), Walsh ainda estava morando no abrigo que conseguiu em abril de 2011.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Sem teto consegue abrigo com ajuda do Twitter nos EUA

Deixe o seu comentário