Nome da filha de Beyoncé e Jay-Z causa polêmica na internet

Beyoncé (Getty Images

Publicado originalmente no Virgula

A filhinha de Beyoncé e Jay-Z mal nasceu e já está envolvida em polêmicas. A pequena que veio ao mundo no último sábado (7), em Nova York, foi parar nos assuntos mais comentados nas redes sociais e em blogs internacionais, por conta de boatos de que seu nome, Blue Ivy, significaria “Filha de Lúcifer”.

O nome da menina estaria ligado ao Illuminati, uma sociedade secreta que teria como objetivo implantar uma nova ordem mundial. O assunto logo ganhou as redes sociais e entrou para os trending topics do Twitter.

Enquanto alguns seguidores do microblog tentavam explicar a origem da boataria – segundo o Illuminati, se lido ao contrário, Blue Ivy (Eulb Yvi) significa a filha do Satã – outros internautas se indignavam com a polêmica: “Quanta besteira! Associar o simples nome de uma criança a algo tão sem sentido quanto isso”, postou no Twitter um dos indignados pela boataria.

Muitos fãs do casal alegavam que as duas primeiras letras do nome Ivy representam o número quatro em algarismo romano. Beyoncé adora esse número: nasceu e se casou num dia quatro e deu esse título a um de seus álbuns.

Blue, segundo os internautas, seria em homenagem ao álbum “The Blueprint”, lançado por Jay-Z.

dica do Tércio Ribas Torres

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Nome da filha de Beyoncé e Jay-Z causa polêmica na internet

3 Comentários

  1. Maria Luiza P2 disse:

    Não tenho nada com isso, problema deles. Lamento pela pobre criança que é inocente e os pais são ignorantes no conhecimento da palavra de Deus. Nos cabe como cristão somente orar por eles, principalmente pelo bêbê. Julgar jamais… Não nos compete!

  2. Marília Liz disse:

    meo…mto medo desse povo ¬¬’

  3. Robson Lelles disse:

    Bereanos (ou deveriam ser como tais), busquem conhecer a origem de cada um desses nomes e voces verão que nada místico há ali.

    A lamentar nessa história, somente dois fatos:
    1. A má intenção de quem gerou o boato.
    2. A ignorancia de quem aceita o boato como se verdade fosse.
    E sim, parem de dar crédito indevido ao inimigo. Já lhe bastam as suas verdadeiras culpas, cujo juízo cabe a DEUS.

Deixe o seu comentário