“Ele é evangélico e eu espírita”

Betty Milan, na Veja

Tenho 27 anos e namoro um rapaz de 30, há seis anos. Nossos primeiros anos de namoro foram maravilhosos, ele é muito atencioso. Foi bem paciente comigo, pois eu era virgem e sempre tive medo e vergonha de tudo. Em compensação, ajudei no que pude: computador, estudos etc. Porém, nós temos religiões diferentes: ele é evangélico e eu espírita. Já nos separamos por causa disso. Depois, reatamos com a condição de que eu parasse de frequentar o centro espírita. Alguém tem de ceder, e eu aceitei a condição, embora minhas convicções não tenham mudado.

Passado um tempo, começamos a brigar. Ele disse que não se satisfazia comigo na cama. Nossa intimidade ocorria num quarto, com outras pessoas na casa, e eu nunca me senti à vontade. Apesar de irmos, às vezes, ao motel, isso também não era bom para mim, pois ele queria fazer tudo o que não havia feito durante o mês. Agora, todos os amigos estão casando e tendo filhos. Falei disso com ele, que não quer se casar. Disse que não consegue mais me falar ‘eu te amo’, sente algo muito especial, mas não sabe se é amor. Me pediu para ajudá-lo a dizer ‘eu te amo’ novamente, pois não quer me perder… O que posso fazer?

O evangelismo é a pregação do Evangelho com fins de adquirir adeptos. O espiritismo é a doutrina dos que acreditam na possibilidade de evocar o espírito dos mortos através dos médiuns. São duas religiões que nada têm a ver uma com a outra, assim como seu namorado com você.

Ele a desrespeita, e muito. Primeiramente, exigindo que você deixe de frequentar o centro espírita como condição do namoro, pedindo uma prova de amor que implica sua renúncia a você mesma. A pessoa só vai ao centro espírita por se reconhecer na prática do espiritismo e precisar dela. Em segundo lugar, ele a desrespeita cobrando isso e mais aquilo em matéria de sexo, como se você existisse para satisfazer o gozo dele. Quem ama não faz isso. Para quem ama, o sexo bom é o que faz com o amado e ponto.

O amante nunca procura dobrar o amado. Antes, quer satisfazê-lo. Deseja a concordância. Não é o caso de seu namorado, que inclusive já não diz ‘eu te amo’. Por que ficar com esse homem nessas condições? Só mesmo se você quiser sofrer. Os primeiros anos do namoro foram ‘maravilhosos’, porém a situação agora é outra. A vida muda, e é preciso mudar com ela, abrir-se para possibilidades novas.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for “Ele é evangélico e eu espírita”

9 Comentários

  1. df disse:

    ele e um evangelico sem vergonha  ,safado e  sem compromisso !  porque sem casar  te  leva ao motel e  tem  vida sexual ativa sendo solteiro !  sem testemunho !    nao conta  como  crente !  desses  ta cheio  por  ai !

  2. Danubia disse:

    Olha querida, sou psicóloga e vou lhe dar uma opinião profissional embora superficial porque só sabemos do caso o que você contou. Há um equívoco na sua relação e isso não nem haver muito com as religiões. O problema é que seu parceiro coloca toda responsabilidade da relação dar certo em você e se isenta de responsabilidade:
    “Pra relação dar certo VOCÊ não pode ir no centro espírita””Pra relacão dar certo VOCÊ precisa satisfazê-lo na cama, já que a virgem era você, e ele sabe tudo de sexo, ou seja a culpa de ser ruim é sua””Pra relação dar certo VOCÊ precisa ajudá-lo a dizer eu te amo de novo”  e por ai vai…

    Percebe isso? Porque para as coisas entres vocês darem certo você que precisa se desdobrara aponto de procurara até ajuda na internet já que a responsabilidade é toda sua…

    Eu acho que você não está percebendo que esta relação não está funcionando. Se você o ama e ele não te ama mais, apenas tem um carinho especial é melhor começar a pensar se um casamento com uma pessoa assim daria certo.

    Não é responsabilidade sua fazer com que ele volte a amá-la. Se você se entrega de cabeça na relação, faz sua parte e o principal,  SE VOCÊ É VOCÊ MESMA, É TRANSPARENTE ele só tem duas opções: te querer como você é ou procurar alguém que seja mais parecido com o que ele deseja. Você fala que é preciso que ambos cedam numa relação, mas na sua carta, a unica que cedeu até agora foi você e isso não é nem justo, nem sadio.

    Com relação ao casamento, isso é bem complicado. Mas pra simplificar quero te dizer duas coisas:

    1) Existem homens que realmente não querem se casar, não se veem constituindo família. Isso não os tornam homens ruins, mas se você é uma mulher que quer se casar e ter família e ele não, melhor procurar alguém que tenha os mesmos projetos de vida que você. Procure um homem que queira coisas parecidas para sua vida. Porque as vezes mesmo uma pessoa sendo fantástica ela não serve pra gente.

    2) Agora a segunda coisa. Embora o resultado seja o mesmo existe uma diferença entre:

    a)     não pretende se casar nunca com ninguém  (ou seja não quer mesmo família então melhor você procurar alguém que queira se é algo que você quer)
    b)     não se vê casando com você (quer família e filhos mas ainda não vê isso com você, ai é melhor mesmo pensar se esta pessoa está te dando valor. Se um cara diz, desejo isso mas não com você, você precisa entender a mensagem. Se não percebeu isso é te desvalorizar)
    c)     só se casa com você se você o fizer ama-la de novo. (se ele diz quer casar mas depende de você, não caia nessa, esse imbecil só diz que depende de você para que você fique como uma louca tentando fazer de tudo para merecer o amor dele e merecer que ele se case com você, o que é ridículo)

    Qualquer um destes casos querida, é melhor você procurar alguém com desejos mais parecidos ou então fazer com que ele se esforce tanto quanto você pra relação dar certo e entenda que nem tudo é responsabilidade só sua. E não pense que o fato dele ter tido paciência com você na virgindade torna ele um Deus. Até porque agora ele está jogando na sua cara que você não o satisfaz, ao invés de junto com você procurar saber o que poderiam fazer de diferente para o sexo ser bom pra ambos. Também não ache que ele fez muito em te “aceitar mesmo sendo espírita” por que isso é ainda mais ridículo. Ele não te fez nenhum favor. Pelo contrário, Aceitar o parceiro como ele é, é a principal característica do amor e se ele te proíbe de ir é porque não aceita você como você é.

    Se ainda, depois de pensar tudo isso quiser ficar com ele, procure ajuda psicológica como terapia de casal, ou procure um terapeuta sexual para vocês dois. Diga pra ele como se sente e abra o jogo. Talvez ainda haja solução pro sentimento de vocês ou talvez você perceba que mesmo ele não é a pessoal ideal. Em qualquer um dos casos é melhor saber de uma vez e não ficar perdendo tempo.

    Bjs e boa sorte

    Psicóloga MG

  3. Espirita SG disse:

    TAMBÉM SOU ESPIRITA, PELO QUE PERCEBI ME PARECE QUE NO INÍCIO ELE REALMENTE TE AMAVA MAS COM O PASSAR DO TEMPO NÃO POR CULPA DE QUEM O RELACIONAMENTO ESFRIOU, NÃO ESTOU JULGANDO MAS POR SER HOMEM E ESPIRITA MAS ACHO QUE ELE NÃO TE AMA MAIS E PERCEBE QUE VOCÊ ESTÁ DE QUATRO POR ELE E FAZ O QUE QUER.
    ACHE QUE DEVERIAM POR MAIS QUE DOA TER UMA CONVERSA FRANCA, MOSTAR PRA ELE O QUE VOCÊ ABRIU MÃO PELO RELACIONAMENTO, E QUE ESTÁ NO MOMENTO DE OFICIALIZAR O QUE JÁ EXISTE, UM CASAL.
    ESPIRITA SG

  4. Felipe disse:

    Misericórdia …. como uma cara desse pode se dizer evangélico se ele não segue os princípios mais básicos da Fé ? Primeiro ele faz sexo antes do casamento, segundo exige algo da mulher sendo que ele deveria tê-la como companheira e não como escrava e por último não segue um princípio mais básico bíblico “não se una a julgo desigual”. esse último termo pode parecer precoceituoso, mas não é. Ele é uma forma de delimitar os preceitos éticos e religiosos do individuo diante da pluralidade de crenças.

    Desculpe, mas espiritismo não condiz com a fé dele por possuir bases diferentes, veja não disse que o espiritismo é ruim ou bom esse juizo de valor não cabe ao crente verdadeiro. Devemos respeitar aqueles que creem diferentemente de nós, mas mantermos firmes em nossas bases de fé !!

  5. Leandro disse:

    Eu sou cristão evangélico e estou nessa situação, pois minha ex é espírita hermética e recebe espíritos duas vezes… Por semana… A opinião desse rapaz acima não deveria contar, pois se vê que ele mesmo não conhece Bíblia, consequentemente é mais um alienado… Evangélico… Que não tem real percepção do que diz acreditar, na verdade para vc é só uma religião, mas não é a verdade… E tem implicações sérias para vida de todo mundo…

  6. Regiane disse:

    Sou evangélica, e quando comecei a namorar meu companheiro estava afastada de Jesus.
    Ele é espirita e não estuda a Bíblia, apenas os livros de Alan Kardec.
    Os espiritas ficam julgando os evangélicos que são influênciados por Pastores e que a interpretação que teem da palavra de Deus é conveniente aos nossos desejos.
    Partindo deste formato de julgamento venho dizer em resposta que os espiritas não estudam a Bíblia, a verdadeira palavra de Deus escrita no Hebraico e Grego e traduzida no português. A grande maioria estuda a Bíblia segundo um cara chamado Alan Kardec que ousou em escrever outra bíblia “conveniente” ao espiritismo onde influência as pessoas a crerem no que deseja.
    A Bíblia não apresenta a palavra reencarnação nenhuma vez e SIM ressurreição. O único ser “encarnado” num corpo de homem dita na Bíblia é Jesus Cristo, portanto quem diz ser cristão e não estuda a palavra de Deus escrita a mais de 2 mil anos, perece no engano, na influencia dos médiuns e seus simpatizantes.
    Poderia escrever e argumentar muito mais, mas na palavra de Deus diz que por falta de conhecimento na “palavra” o povo perece.

  7. marcio disse:

    Nunca dara certo e como misturar agua e óleo
    Certa vez vi um casal que a mulher e protestante eo marido e baba orixá
    Disse ela que vivem muito bem entre eles porem a luz da biblia discordo
    Pois a bíblia nos diz que luz nao tem comunhão com as trevas o que nos separa e cristo ha uma frase que ouvimos muito, mas onde fica o amor? Digo ,so que ter amor fraterno e uma coisa ,amor para relacionamento e outra
    Casamento e uma aliança como os dois vao caminhar nuntos se ha um julgo desigual ai alguns vao dizer mas se alguém ceder e posivel o problema que quando um cristao abre mão o cede para se relacionar com alguém fora de seu credo fica em desobediência com a palavra de Deus so para entender na biblia relata que tida vez que o homem buscou mulheres de outras crenças teve serias consequências pois como a biblia diz luz nao tem comunhão com as trevas
    Se isso ocorre e por que a luz de Jesus ja nao brilha mais
    Quanto ao casal nunca se o rapaz estivesse na luz de cristo teria um relacionamento mantendo vida sexual sem se casar,outro ponto e que independente da religião quando Deus quer uma união com uma pessoa de religião diferente ele primeiro transforma converte e não convence como o ocorrido
    Por isso digo que pelos fatos apresentados Deus não esta nesta uniao
    Isso e bom como exemplo pois muitos cristaos buscam pessoas de outro credo para se relacionarem e sempre tem decepções se as vezes dentro da igreja já temos decepções quanto mais de fora

    Deixo um texto da biblia que Diz:

    A casa ea fazenda são herança dos pais,mas do Senhor vem a mulher prudente
    Proverbios cap 19 vers14
    Esse versículo se aplica tanto a homem quanto a mulherm

  8. Ada Assunção disse:

    Passei por uma situação muito parecida como a do caso ditado acima. Acabou que ele nunca quis casar, me traiu várias vezes. Hj ele fala que ler a bíblia e continua lendo o livro dos espíritos também. Não crítico a crença, mas o mal caráter dele, eu errei pois que submeti muitos anos a isso, por eu ser evangélica, deixei muitos dos princípios biblicos para ver dar chances a ele. Porém, tudo que ganhei foi desilusões. Até hoje eu o amo, mas oro a Deus por um marido abençoado. Não quero passar a vida pagando o preço, se Deus tem algo melhor pra mim. O problema não era a religião dele e sim a falta de caráter como homem.

Deixe o seu comentário