“Desculpem-nos pela forma como a igreja tratou vocês”

Grupo de cristãos esteve na Parada Gay de Chicago em 2010. Entre vários cartazes que levaram, um deles dizia: “Desculpem-nos pela forma como a igreja tratou vocês”. Ao ver a manifestação, um cara que estava num carro dançando parou e foi até os manifestantes. A foto do abraço continua percorrendo a Internet até hoje.

via Facebook

dica da Sheyla Jales

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for “Desculpem-nos pela forma como a igreja tratou vocês”

6 Comentários

  1. Jesus “andava” com os subjulgados da sociedade. Jesus ensinou que o nosso lugar é onde as almas precisam. Dentro das igrejas é fácil ser cristão. Eles precisam do amor de Deus, e eles querem, somos os canais para isso.

    • Leo Fox disse:

      Uma pena que aqui no Brasil a maioria dos “cristãos” só sabem pregar o ódio e a exclusão, mesmo Jesus tendo pregado o amor e a compaixão, e é por isso que muitas pessoas gays ou não estão cada vez mais acabando com suas vidas sem conhecer Jesus.
      E digo mais se essa matéria fosse de algum “pastor” condenando os gays como várias que tem pela net aqui estava cheio de comentários aprovando a atitude do mesmo, porém como não é tem poucos…
      Genteee cada um responderá pelos seus Atoos diante de Deus inclusive pela falta de amor ao próximo..

  2. Leo Fox disse:

    Uma pena que aqui no Brasil a maioria dos “cristãos” só sabem pregar o ódio e a exclusão, mesmo Jesus tendo pregado o amor e a compaixão, e é por isso que muitas pessoas gays ou não estão cada vez mais acabando com suas vidas sem conhecer Jesus.
    E digo mais se essa matéria fosse de algum “pastor” condenando os gays como várias que tem pela net aqui estava cheio de comentários aprovando a atitude do mesmo, porém como não é tem poucos…
    Genteee cada um responderá pelos seus Atoos diante de Deus inclusive pela falta de amor ao próximo..

  3. Azrael disse:

    Pava, parabéns pelo post, longe de mim fazer apologia ao homossexualismo, mas apologia ao amor o pelo qual a BÍBLIA diz que deveríamos ser conhecidos. Mas há uma mágoa um rancor, uma maldade entre nós evangélicos que nos faz “está” sempre em posição de juízes e não de médicos.  O evangelho precisa ser pregado, mas para salvar, restaurar, curar. “O mundo jaz no maligno”, embora tenhamos o evangelho da subversão, não temos uma postura subversiva que desafia o ódio,  e o sistema. Deus é amor, mas isto parece que ficou piegas mesmo pra nós que fomos chamados pela GRAÇA para o amor!

  4. Claiton disse:

    Estou com algumas dúvidas e tenho duas perguntas. 1. Como foi que a Igreja tratou os homossexuais? 2. Foi a Igreja ou foram alguns da igreja? Obrigado!

Deixe o seu comentário