O fim da gasolina? Veja os carros movidos a lenha

Via autozine

Tem coisa, que quando me passa pelas mãos, e eu faço uma pesquisa, me deixa de queixo caído. Os carros deste post são uma destas coisas, principalmente por ser uma tecnologia MUITO antiga, e usada desde a década de 1920.

Como vocês poderão ver, todos os carros têm caldeiras alimentadas por biomassa (no caso, madeira), e o mais impressionante, a única adaptação necessária, além da óbvia, é no carburador! Sério!

A pegada aqui é a seguinte. O processo chama-se ‘combustão incompleta de combustível sólido’, ou seja, a biomassa queima e se gaseifica, mas sua queima não consumiu todo o material combustível que ela continha. Os gases resultantes desta queima são o monóxido de carbono e o hidrogênio, que se misturam, formando o que se chama de Gás de Síntese, ou gasógeno, e são armazenados em um tanque próprio.

Sim sim, é o ‘famoso’ gás de gasogênio, e se você gosta de história, já deve ter escutado algo a respeito do seu uso, até mesmo no Brasil durante a Segunda Grande Guerra. Este gasógeno, que é inflamável por conta do hidrogênio que traz na mistura, pode ser injetado diretamente no sistema de combustão do carro, daí a necessidade de adaptar o carburador.

 

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for O fim da gasolina? Veja os carros movidos a lenha

Deixe o seu comentário