Após proibição de venda, Rafinha Bastos distribui DVDs na Avenida Paulista; assista

Publicado no UOL

Após ser proibida a venda dos DVDs do show “A Arte do Insulto”, por conter piadas sobre deficientes físicos e mentais, o humorista Rafinha Bastos resolveu ir para a Avenida Paulista, em São Paulo, e distribuir o material para quem passava no local. “Vender eu não posso, mas e se eu desse de graça?”, perguntou ele no início do vídeo.

Rafinha chegou a “presentear” com DVDs policiais que faziam ronda no local. Gravada em vídeo, a intervenção também foi feita em estações do metrô da cidade. O final do vídeo ainda trouxe um comunicado: “Nenhum cidadão foi ferido durante a gravação deste vídeo…nem assistindo ao DVD”.

A liminar que proíbe a venda dos DVDs em todas as lojas do Brasil foi concedida pela Justiça de São Paulo na última semana após a Apae entrar com uma ação cível contra o humorista. A instituição ainda pede que Rafinha se retrate publicamente pelos danos causados à imagem pública dos deficientes. O comediante  poderá entrar com recurso.

A ação ainda se desenrola na Justiça e o caso pode trazer mais prejuízo ao humorista. Se condenado, Rafinha ainda poderá pagar 100 mil reais para a Apae, 100 mil reais para fundo de defesa dos direitos difusos e 10 salários mínimos (cerca de 6 mil reais) a cada associado da Apae que se sentir ofendido pelas piadas.

Ao UOL, Rafinha comentou a decisão na última quinta-feira (2). “Eu acho o material que lancei absolutamente reprovável. Se eu tivesse no lugar da justiça, também impediria a venda de um produto tão ofensivo. Achei a atitude rápida, afinal, criei as piadas agorinha entre 2004 e 2006. Aos 120 mil amigos que compraram o DVD, peço que queimem suas cópias”.

“A propósito, já faço outro show desde o ano passado chamado ‘Péssima Influência’. Quem quiser me processar, está convidado a pagar para assisti-lo”, afirmou.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Após proibição de venda, Rafinha Bastos distribui DVDs na Avenida Paulista; assista

3 Comentários

  1. Rafinha, O rei do Humor negro!

  2. Agora virou implicância com o rapaz. Tudo é onfensivo! Frescura.

  3. Oseias de Lima disse:

    Com certeza é perseguição, o que aliás o próprio Judiciário brasileiro tem ferido muitas pessoas com sua lentidão, mal atendimento e Juízes super deuses da sua verdade. Lamentável.

Deixe o seu comentário