‘O que me fez virar ateu foi uma cena de Matrix: Neo, free your mind’


x
Marcelo Medeiros, no Bar do Ateu

A primeira vez em que entrei numa igreja se eu não me engano foi numa igreja católica, novo ainda lembro que tinha medo das imagens, lembro que na igreja tinha uma replica de Jesus como se estivesse carregando a cruz cheio de sangue, era uma replica grande até parecia ser de cera, e naquele dia fiquei com medo e corri de lá, nessa época eu era novo, talvez fosse esse meu medo que me levou a frequentar igrejas evangélicas e não a católica, com 8 anos fui convidado pela a minha tia a ir numa para a igreja, era época de férias e a igreja abria só para crianças até os 12 anos se eu não me engano e lá éramos evangelizados e fazíamos gincanas e no final de tudo isso tinha o lanche e a pregação logo em seguida, lembro-me raramente das pregações, mais lembro que quem pregava sempre dizia : vocês não querem viver no céu com deus, morando em ruas de ouros e afins que eu não me lembro, e sempre fazia esse apelo, no final das contas depois de tanto ser alienado você acaba cedendo e fazendo a escolha errada, acaba aceitando Jesus, a troco de morar no céu que pelo o que nos diziam era um lugar maravilhoso, mais não foi aí que eu entrei de vez nessa vida, eu gostava de ir mesmo por causa dos lanches e das brincadeiras depois que acabou as férias parei de ir na igreja, até que um belo dia eu com meus 9 anos de idade queria comprar doce, e como toda criança acredito eu foi pedir dinheiro para quem para a avó né, aí minha avó me vira e diz:

_ Você quer 1 real !? Te dou se você for comigo na universal.

Inocente e querendo dinheiro para comprar doce fui, e já lá constatei uma coisa deplorável, fiquei na escolinha enquanto minha avó assistia o culto da tarde, e na escolinha nos eram entregados envelope de dízimos, e as professoras diziam: peguem estes envelopes e tragam o seu 10% ao senhor, e eu nada bobo perguntei para a tia.

_ Tia se eu ganhar 1 real eu tenho que dar 0,10 centavos para deus é isso!?

Ela me falou que não era muito pouco para deus … Crianças de 7 a 12 anos não tem dinheiro para dar dizimo e hoje mais velho eu me lembro disso e fico indignado, fora isso eu fui outras vezes para conseguir mais dinheiro, e foi aí que eu conheci o diabo, eu lembro de ir e ver sempre os pastores com pessoas em cima do altar se retorcendo gritando e falando feio, ficava com medo afinal de contas era uma criança e quem não se assusta com aquilo. Com 10 anos meu primo uma vez chegou à casa da nossa avó com brincos e eu olhei para ele e falei:

_ Primo você não é crente porque você usa brincos.

Ele me respondeu:

_ Sou da Renascer, lá pode usar brinco.

Ele me convidou e eu fui adorei um monte de jovens andando de skate no estacionamento fui bem numa vigília não sei muito bem o que estava fazendo ali afinal das contas só queria ir para a casa da minha tia para ficar a madrugada toda jogando super nintendo mais foi aí que foi me ensinado que se fosse tivesse algum problema você deveria apresentar a deus, depois de uns meses indo na renascer de domingo com meu primo, comecei a frequentar outras igrejas foi aí que eu entrei na igreja quadrangular do reino de deus e depois com os anos fui mudando de igreja, sempre fui um crente pentecostal sempre gostei de ir para igreja tanto que sou batizado tanto no espírito santo como nas águas também, ia na igreja de 3 a 4 vezes por semana, adorava todas as vigílias e sempre estava em santidade com o senhor só pecava no quesito masturbação diga-se de passagem, e cresci assim dentro da igreja mais com o passar dos anos começou a aparecer perguntas na minha cabeça e dúvidas.

Fui ensinado desde pequeno que a bíblia é a verdade absoluta fui privado da teoria da evolução, pois era contraria a minha crença e os pastores diziam que isso não era de deus, burro e arrogante cresci acreditando em terceiros mais quando as perguntas começaram a surgir na minha cabeça por mais que eu fosse um crente cheio do espírito, essas perguntas não saiam da minha mente, e infelizmente eu acreditava que era a voz do diabo perguntas do como: deus existe mesmo!? Quem me garante que deus é bom e o diabo é ruim? E se for ao contrário?  Com tanta morte e guerra no mundo cadê deus? Por que morrem tantas crianças inocentes por falta de alimento, se deus é bom porque ele não da de comer para elas, se em todas as religiões tem relato de milagres porque eu vou acreditar que só o deus que eu sirvo tem poder tendo em vista que em outras religiões eu via que aconteciam milagres, se só a minha religião salva o que vai acontecer com o resto do mundo vai todo mundo para o inferno!?

Essas perguntas ecoavam na minha cabeça e nisso eu já estava com 18 pra 19 anos ia para a igreja e às vezes no culto essas perguntas apareciam, foi aí que eu acabei virando agnóstico fui parando de frequentar a igreja e perdendo a fé num ser mágico que tem poder para fazer tudo mais que no final não fazia nada, conheci a teoria da evolução e o pouco que eu estudei me fez abrir os olhos, assisti “The zeitgeist” e foi aí que eu abri meus olhos e pela a primeira vez na vida enxerguei, vi que fui enganado por anos, que enriqueci pastores e igrejas dando meu dizimo e oferta e pasmem o que me fez passar de agnóstico para ateu, foi uma cena do filme Matrix:

Neo Free Your Mind!

Foi isso que libertou a minha mente e eu virei ateu naquele momento e hoje com 23 anos tenho certeza que foi a melhor coisa que fiz, apesar de todos ao meu redor achar que não, pois vivemos numa sociedade cristã e ser ateu para eles é ser enviado do diabo. É, tá possesso pelo o diabo e afins tenho tatuagens da época que era crente, deus é fiel, fé e 777 pelo o corpo fora “life save” nos dedos que significa vida salva me arrependo de ter feito todas elas e algumas vai ser difícil para cobrir  mais as que eu puder cobrir em breve cobrirei nunca sobra tempo e dinheiro para isso, já sou modificado tatuado com alargador e ateu não é fácil pois enfrento muito preconceito com tudo isso, mas tô feliz por ser livre, me livrei dos dogmas da igreja evangélica, perdi muitos amigos por ter virado ateu. é o preço que se paga por pensar diferente.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for ‘O que me fez virar ateu foi uma cena de Matrix: Neo, free your mind’

8 Comentários

  1. que loucura. Tudo o que eu consigo ver em Matrix (o um) é cristianismo. A propría Matrix, Zion (Sião), tudo. 

    Loucura o que a interpretação pode fazer: Um virou ateu. A outra se converteu e superou a morte do pai com o carinho de Deus. 

    (nao to julgando ninguém, nem nada. Só quis comentar mesmo.)

    • J Carlos_fenix1964 disse:

       Pilula azul ou vermelha ?
      A vida é uma escolha !
      Mesmo se tornar ateu é tão importante para limpar a mente de dogmas !
      E quando for o tempo ( de Deus) voltar pra ele….

      Um ex ateu….

      Fora da caridade não há salvação….
      A. K.

  2. Gelbassguitar disse:

    Com 9 anos e ja sabia calcular porcentagem? sei…

  3. Zeitgeist? Amigo, Zeitgeist é uma farsa.. 

    E não existe nada mais cabeça fechada que ateísmo, nada fora do mundo material é possível para a metafísica monista deles, fora os preconceitos contra religião etc… se vc fosse realmente cabeça aberta, porque não procurou cristãos melhores? Buscasse na tradição cristã gente como Tomás de Aquino e hoje Alister Mcgrath, William Lane Craig, Edward Feser, Philip Collins etc… evolucionismo não é incompatível com a tradição cristã desde Orígenes e Agostinho de Hipona, assista esse documentário http://youtu.be/lXQaDAenY74 .

    Aproveite, vc está na era da informação e corra atrás, free your mind de verdade.. eu sempre lidei com cristãos cabeça dura, quando criança não queriam q eu lesse gibi! Mas a liberdade é conhecer o cristianismo melhor que eles, não há liberdade no pecado e na mentira. Abs.

  4. Iguais a ele aparecem vários, fora uns que estão camuflados nos “centros evangélicos”. Acho que aqui não deveria ser discutida a interpretação ou o por que dele ter se tornado ateu, mas sim que toda essa alienação precisa parar. Ser cristão ainda é sinônimo de mente fechada. Explicar os “porquês” os “praquês” é o mínimo. 

    Talvez se tivessem citado p/ ele o versículo de João 8:32 – “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará” – e mostrado a aplicação, talvez esse desabafo seria muito mais diferente. Talvez o que ele entenda hoje por “liberdade da mente” seja uma falsa liberdade.

  5. Reginacmfarias disse:

    Já vi esse filme inúmeras vezes… Impressionante como a história do ateu é sempre a mesma! Super previsível! À medida que você vai lendo já sabe exatamente o que vai encontrar à frente.
    Ora, todo mundo tá careca de saber que quem fabrica os ateus é a própria religião. Começando em casa e estendendo-se até à denominação religiosa. Desde que o mundo é mundo. É só consultar a história da humanidade…
    Aí, nesse emaranhado de informações malucas acerca de Deus, não dá outra: ou vc se torna um robô fanático ou vira ateu. Ambos igualmente angustiados, adoecidos na alma.
    O primeiro, aprisionado, assustado e medroso, FINGINDO (pra si mesmo, pra os outros e pra Deus) ser livre, feliz e realizado; o segundo, livre das amarras neuróticas da religiosidade, mas aprisionado na falsa liberdade de um coração profundamente magoado por ter sido ludibriado.
    No final das contas, Deus é quem leva ‘a culpa’. Ainda bem que Deus tem as ‘costas largas’.
    E melhor: ainda que o ‘ateu’ não acredite Nele, Ele acredita no ateu.
    Essa é a parte boa. E que um dia desmonta qualquer convicção. Seja do religioso, seja do ateu… É dessa liberdade que ambos necessitam. Que ambos têm sede e nem sabem…

    • Marco waller disse:

      Bem. Ja ia postar um comentário, mas o que li do seu já é o suficiente para que este jovem entenda que Deus não tem culpa da má conduta daqueles que carregam o seu nome. Eu particularmente não acredito que exista ateus, mas sim revoltados.

  6. J. Carlos disse:

    Concordo ! Pois passei por tudo isto também !
    Cara eu fui enteder o que é ter fé e o que é Deus sabe onde ?
    Espiritismo !
    Tripé do espiritismo !
    Filosofia, Ciência  e Fé !
    Sou Historiador e Filosofo !
    As religiões são o opio do povo ! K.M.
    Mas, são os gritos dos opromidos ! K.M.
    Assim aconselho Leia O Evangelho segundo o espiritimos.

    Olha, os Fariseus que ficam na tv  e nos templos nada sabem !!

    Você e eu somos os publicanos… leia é barato vale a pena… Liberte sua mente…. e agora sua alma !!!

    Carlos Fenix

Deixe o seu comentário