Saiu no UOL: Bispo que atuou em campanhas de Lula é morto


x
Publicado originalmente no NE10

Uma tragédia familiar em Pernambuco. Eduardo Olímpio Cotias Cavalcanti, 29 anos, é acusado de matar seus pais adotivos a facadas na casa onde moravam, na Rua Barão de São Borja, no bairro dos Bultrins, em Olinda, Grande Recife, nesse domingo (26). Depois dos crimes, tomou veneno.

O pai, Edward Robinson de Barros Cavalcanti, 68, faleceu na hora. Ele era bispo diocesano da Igreja Episcopal Anglicana.

Bacharel em Direito pela Universidade Federal de Pernambuco e com licenciatura em Ciências Sociais na Universidade Católica de Pernambuco, Robinson Cavalcanti assumiu, na Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), vários cargos altos – foi coordenador de graduação, de pós-graduação e de mestrado, chefe de Departamento, além de diretor do Centro de Filosofia e Ciências Humanas da UFPE.

Também atuou nas campanhas presidenciais de Lula, de 1989 e 1994, e também foi candidato a vice-prefeito de Olinda (1996). A mãe, Miriam Nunes Machado Cotias Cavalcanti, 64, chegou a ser socorrida no Hospital Tricentenário, também em Olinda. Ela era professora aposentada.

Os vizinhos informaram que o acusado parecia ter consumido uma grande quantidade de drogas e teria ameaçado matar também as duas irmãs adotivas. Umas delas o teria visto diante de casa amolando a faca peixeira supostamente usada nos assassinatos.

Eduardo Olímpio Cotias Cavalcanti havia chegado há três dias dos Estados Unidos, onde já teria sido preso por tráfico de drogas. Ele está internado sob custódia policial no Hospital da Restauração, na área central do Recife. Além do veneno, ele havia desferido contra si alguns golpes de faca.

Mais informações (atualização às 19h):

Manifestações de amigos

d7020fa5c4504a8c864bb20cc6d67e17.jpg
Crime ocorreu na casa onde o casal vivia, em Olinda

Foto: Débora Nascimento/NE10

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Saiu no UOL: Bispo que atuou em campanhas de Lula é morto

3 Comentários

  1. Fiquei estarrecido. A gente tende a pensar que um homem como ele não merecia uma morte dessas. Mas aconteceu também com Jesus, o que só confirma que este mundo não é justo.

  2. Uma tragédia pra essa família.

    Uma perda irreparável pra igreja.

  3. João Paulo Cheab disse:

    Devemos ter a consciência de que a Palavra de Deus fala que seremos assassinados, massacrados, torturados e perseguidos por causa do amor que professamos a Cristo! Se Deus falou que isso vai acontecer, então VAI ACONTECER mesmo, Deus não é mentiroso!

    Cabe a nós, Cristãos, permanecermos fiéis a Cruz de Cristo até o fim, até o momento de nossa morte!

    Se você não está preparado para morrer por um amor verdadeiro, então você nunca o amou.

    Cristo te amou até a morte!

Deixe o seu comentário