Juca Kfouri pergunta a Netinho de Paula se comunista pode bater em mulher

Anderson Scardoelli, no Comunique-se

O pré-candidato do PCdoB à prefeitura da capital paulista, Netinho de Paula, foi entrevistado na manhã desta quinta-feira, 1°, pela rádio CBN. Durante 25 minutos do ‘CBN São Paulo’, o político respondeu a perguntas de ouvintes, da apresentadora Fabíola Cidral e dos comentaristas da emissora, o engenheiro José Luiz Portella e o jornalista Juca Kfouri.

Durante sua participação na entrevista com o pagodeiro, que também é vereador de São Paulo, Kfouri lembrou do caso de polícia que envolveu Netinho (foto) em fevereiro de 2005, quando o ex-integrante do Negritude Júnior agrediu a decoradora Sandra Mendes de Figueiredo Crunfli, sua esposa na época. “Numa cidade em que a maior parte do eleitorado é feminino, comunista pode bater em mulher?”, perguntou o jornalista.

“Oh, Juca. Essa vem até a ser uma maldade muito grande”, começou a responder o pré-candidato do PCdoB. Após dizer que se arrependeu do ato “covarde”, pedir desculpas e relatar que vem trabalhando na Câmara de São Paulo para criar projetos justamente contra a violência feminina, Netinho também pediu desculpas a Juca Kfouri e a toda população. À época da agressão, no entanto, o artista afirmou que os hematomas nos olhos da mulher foram provocados por uma batida na porta.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Juca Kfouri pergunta a Netinho de Paula se comunista pode bater em mulher

1 Comentário

  1. Ricardo Pereira disse:

    Pergunta tchonga e infeliz do Kfouri… É por isso que jornalista brasileiro leva tanto fora com os gringos (a exemplo das patadas levadas por Ruchard Descoings e Jennifer Lopez).

    Me vê uma Ley de Medios por favor!

Deixe o seu comentário