Grupo religioso e homofóbico protesta em show do Radiohead

Radiohead (Getty Images
x
Publicado originalmente no Virgula

Os protestos dos extremistas religiosos da Igreja Baptista de Westboro, no Kansas, são famosos no mundo da música: eles já gritaram contra várias bandas, e chegaram até a ser ridicularizados pelo Foo Fighters. A última vítima dos religiosos foi o Radiohead, que tocou em Kansas City no último sábado (10).

Antes e durante a apresenatação, os integrantes da igreja seguraram cartazes com ofensas homofóbicas, e se manifestaram contra a prsença do Radiohead na cidade.

Em um comunicado postado no site oficial da Igreja Baptista de Westboro, os integrantes chegaram a chamar a banda inglesa de “macacos amestrados”:

“Vocês fazem as pessoas olharem para o absurdo, e não para a Ira de Deus que habita nelas. Olhe para os macacos amestrados, para o palco bonitinho, blá, blá, blá…”

“Enquanto isso, Deus está desfazendo esta nação e afetando as vidas de todos vocês, com a traça que silenciosamente come o tecido da sua vestimenta nacional. [O show do] Radiohead é só mais um passo”.

A banda, no entanto, não se incomodou em nada com o protesto. O produtor do grupo, Nigel Godrich, chegou a escrever no Twitter que a manifestação foi o “ponto alto” da turnê norteamericana do Radiohead até agora.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Grupo religioso e homofóbico protesta em show do Radiohead

1 Comentário

  1. Dig14menos7 disse:

    Belo trabalho desses religiosos homofóbicos. Precisam aparecer de algum modo né? Não basta a inclusão digital. srsr 

Deixe o seu comentário