Dinho Ouro Preto: ‘O problema do Restart são as letras’

Publicado no Yahoo!

Vocalista do Capital Inicial, Dinho Ouro Preto foi entrevistado pela revista “Sexy” e falou sobre os meninos da banda Restart. Segundo ele, o grande problema da banda teen são as letras.

“Cara, o problema do Restart são as letras. E eles não têm como desculpa a juventude, porque, quando tínhamos a idade deles, era nossa época mais radical”, declarou o cantor, salientando que não gostaria de falar mal das novas gerações.

Entre as bandas que gosta e destaca atualmente, ele cita: Vivendo o Ócio, de Salvador, e Selvagens à Procura de Lei, de Fortaleza.

Porém, ao responder se Restart representa o rock da atualidade, ele diz: “Nos anos 80, teve a nossa geração. Nos 90, tinha Raimundos, O Rappa, Charlie Brown Jr. No começo do século 21, tinha de novo Capital, Pitty, NXZero… Agora o rock é deles? Não pode ser”, soltou.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Dinho Ouro Preto: ‘O problema do Restart são as letras’

3 Comentários

  1. Porquê? Eles não sabem escrever? Pois não saber cantar a gente já sabe, aquela voz de anasalada de menina não disfarça nada… kkkkk… S2, S2, S2…

  2. Adriana Abreu disse:

    Olha só, os Selvagens à Procura de Lei!!!!
    Esses meninos começaram a tocar na minha casa, quando meu irmão fazia parte da banda!
    Estão indo longe! Parabéns!

Deixe o seu comentário