Regis Danese revela visão da filha sobre cura da leucemia: ‘Eu tô podre, mas não vou morrer’, disse a menina

Regis com Brenda no colo, o filho Bruno e Kelly, sua mulher: doença da menina foi descoberta durante passeio da família na Disney

Thiago Trindade, no Extra

Ver uma criança de apenas 3 anos fazer quimioterapia com injeções na medula até quatro vezes na semana corta o coração de qualquer um. Ainda mais do pai dela. Mas Regis Danese fala sobre o tratamento da filha Brenda, que está com leucemia, com a tranquilidade e a confiança que só as pessoas de muita fé têm. Assim como canta em seu maior sucesso, “Faz um milagre em mim”, o cantor gospel acredita que Deus vai “sarar todas as feridas”.

— Os médicos dizem que a chance de cura é de 85%. Mas, para o meu Deus, é de 100%. No futuro, isso vai servir para darmos um testemunho para as pessoas. Eu vou viver para ver os filhos da Brendinha — afirma Regis, que também é pai de Bruno, de 13 anos.

Quando tiver filhos, Brenda não provavelmente não vai lembrar de metade do que passou:

— Eu não deixo transparecer nada. Digo a ela que está curada, mas ainda precisa tomar injeção. E que o cabelo vai cair para depois nascer um mais bonito — diz o cantor.

Mesmo sem entender o que se passava, a pequena teve uma espécie de visão do que estava por vir quando a doença foi descoberta, durante um passeio da família na Disney, nos Estados Unidos. Segundo Regis, a menina chegou a ficar sem uma gota de sangue no corpo e precisou fazer duas transfusões por lá e mais duas no Brasil.

— No carro, indo pro hospital, ela disse: “Eu tô podre, mas não vou morrer.” Deus colocou isso na boquinha dela, mas a sinceridade Dele só vem para a vitória — revela.

Brenda enfrenta bem o tratamento e já não chora ao tirar sangue. A menina sabe o que é vencer na vida com apenas 3 anos: a mãe, Kelly, foi atropelada na gravidez e ela nasceu prematura de 7 meses.

Cantor quer criar instituição

Regis prefere não revelar se fez promessa pela cura da filha. Mas, desde já, tem um plano: ajudar crianças necessitadas que vivem o mesmo drama que Brenda.

— Vou gravar um DVD em breve e vou doar tudo o que eu ganhar para alguma instituição que cuida de crianças com câncer. De repente, até monto uma. Sei que é muito difícil, preciso que algumas pessoas, talvez políticos, abracem esse projeto. Deus vai me indicar o melhor caminho — afirma.

A preocupação do cantor é com as crianças que, diferente de Brenda, não tem pais com condições para bancar um bom tratamento.

— Eu fico pensando nas pessoas do interior, que não têm onde se tratar… Só quem passa por isso sabe como é. Já perdi avós, mas quando se trata de um filho a dor é pior — diz Danese.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Regis Danese revela visão da filha sobre cura da leucemia: ‘Eu tô podre, mas não vou morrer’, disse a menina

1 Comentário

  1. Nanci disse:

    COM CERTEZA DEUS VAI CLORIFICAR SEU GRANDE NOME NA VIDA DA BRENDA COMO GLORIFICOU NA MINHA !!!!! SO QUEM PASSOU POR UMA DOENÇA DESSA SABE  ,FIRME NA PROMESSA DE JESUS ,ELE MORREU POR AMOR A NOS E A BRENDA ESTA COBERTA PELO SEU SANGUE

Deixe o seu comentário