Nomofobia: o medo de ficar sem celular

Publicado originalmente no AdNews

Uma pesquisa realizada em fevereiro no Reino Unido comprovou quão pessoal é o telefone celular. Mais que isso: trouxe na carona o nome de uma síndrome que acomete os que não suportam a ideia de ficar sem ele nas mãos. É a “nomofobia”, contração do inglês “no mobile phobia”.

Cerca de mil pessoas participaram do estudo. 66% das pessoas ouvidas se dizem “muito angustiadas” só de pensar em abandonar o telefone. Entre jovens de 18 a 24 anos, a proporção chega a 76%, de acordo com as informações fornecidas pela empresa de soluções de segurança SecurEnviy. 40% deles disseram ter mais de um aparelho.

“O fenômeno aumentou com a chegada dos smartphones e de planos ilimitados. Cada um pode ter acesso a uma infinidade de serviços: saber onde está, se existem restaurantes nas proximidades, comprar passagem para o fim de semana, planejar a noitada, etc.”, resume Damien Douani, especialista em novas tecnologias da agência FaDa, em entrevista à France Presse.

“Há alguns anos, o SMS já era uma forma de nomofobia. Falávamos até da ‘geração de polegadas’ para descrever quem enviava mensagens sem parar. Contudo, a internet móvel via smartphone, é o SMS 10 mil vezes mais poderoso”, explica.

“O reflexo do Google foi transferido para o mobile: se preciso de uma informação e encontro resposta para tudo, isso é a facilidade encarnada”, ressalta Damien Douani.

Coisa de louco

Os britânicos não são os únicos amantes da mobilidade. Pesquisa semelhante, realizada com 1.500 pessoas na França, comprova os efeitos viciantes. Para 22% dos entrevistados, é “impossível” ficar por mais de um dia sem celular. Entre os jovens entre 15 e 19 anos, o percentual é de 34%.

“Podemos compreender que as pessoas sejam viciadas em seus smartphones, pois elas têm toda a vida programada ali, e se, por acaso, perderem o aparelho ou ele quebrar, vão ficar isoladas do mundo”, ressalta o escritor Phil Marso, organizador do Dia Mundial sem Celular, que acontece anualmente nos dias 6, 7 e 8 de fevereiro.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Nomofobia: o medo de ficar sem celular

Deixe o seu comentário