Pastor americano volta a queimar o Alcorão

Publicado originalmente no UOL

O polêmico pastor americano Terry Jones queimou mais exemplares do Alcorão e uma representação do profeta Maomé para protestar contra a prisão no Irã de um cristão, informa o jornal The Gainesville Sun.

O jornal afirma que Jones e outro pastor, que executaram o ato de protesto diante de sua igreja em Gainesville, Flórida, no sábado, exigiram a libertação do pastor cristão Youcef Nadarkhani de uma penitenciária iraniana.

De acordo com Jones, o pastor Nadarkhani corre o risco de execução.

O Pentagono pediu a Terry Jones que reconsiderasse os atos e manifestou preocupação com a queima do Alcorão, que pode prejudicar os soldados americanos no Afeganistão, segundo o Gainesville Sun.

Em março del 2011, o pastor Wayne Sapp queimou um exemplar do Alcorão e divulgou o vídeo na internet.

As imagens provocaram uma onda de violência no norte do Afeganistão, com um saldo de 12 mortos.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Pastor americano volta a queimar o Alcorão

Deixe o seu comentário