Promotoria move ação contra Kassab por uso indevido do Pacaembu

Publicado na Folha Online

A Promotoria de Justiça de Habitação e Urbanismo ingressou nesta quinta-feira com ação civil pública contra a Prefeitura de São Paulo devido a realização de um evento religioso no estádio do Pacaembu em 15 de novembro de 2011.

O promotor Mauricio Antonio Ribeiro Lopes pede a condenação do município por dano moral coletivo causado aos moradores do bairro. Segundo ele, houve desrespeito a decisões do Poder Judiciário que veda a utilização do estádio para eventos não esportivos.

Na data foi realizado um evento em comemoração ao centenário da Igreja Assembleia de Deus.

A ação ainda pede a condenação, pela suposta prática de ato de improbidade administrativa, do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (SPD), e do pastor José Wellington Bezerra da Costa, além do pagamento de R$ 50 milhões.

Segundo o promotor, quatro perícias realizadas indicaram excesso de ruído durante o evento.

A Prefeitura de São Paulo disse que não vai se manifestar sobre a ação porque ainda não foi citada. A direção da Assembleia de Deus não foi encontrada pela reportagem na noite desta quinta para comentar o caso.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Promotoria move ação contra Kassab por uso indevido do Pacaembu

1 Comentário

  1. WILLIANS disse:

    E brincadeira, os moradores estao reclamando que o estadio fazia barulho. E dia de jogos o que fazem os torcedores, alem da violencia e brigas nos arredores do estadio?

Deixe o seu comentário