9 conselhos para quando nos criticam

Israel Belo de Azevedo, no Prazer da Palavra

Como somos seres sempre em busca de aceitação, temos dificuldade em conviver com as críticas que – este é o problema – são feitos por críticos. Uns são amorosos e outros, impiedosos. Uns têm mãos ásperas e não usam luvas. Outros são cuidadosa e revestem as palavras com veludo.1. Devemos saber que seremos criticados. A menos que não estejamos fazendo nada. Se nos envolvermos, seremos criticados.

2. Devemos ter a coragem de aceitar a crítica, nunca impedindo que o crítico faça o seu trabalho, mesmo que nos fira por a considerarmos injusta ou inoportuna.

3. Devemos nos lembrar que nós também criticamos. E quando o fazemos, não queremos ser ouvidos?

4. Devemos admitir que nossos críticos podem estar, dolorosamente, com a razão.

5. Devemos cuidar para que, diante das críticas que julgamos inaceitáveis, não desclassifiquemos os críticos, pondo o foco nas pessoas que falam e não no que falam.

6. Devemos esquecer os críticos e prestar atenção nas críticas, porque nunca sabemos a intenção dos que nos criticam, uma vez que podem estar apenas mostrando erudição ou “santidade” ou podem estar desejando o nosso lugar.

7. Devemos ficar atentos para não perder tempo em nos explicar, a menos que os críticos queiram realmente nos ajudar a superar nossas limitações. Explicar é uma forma de rejeitar.

8. Devemos nos preparar para tirar proveito das críticas, mesmo das banais. Podemos transformar as coisas ruins em boas.

9. Devemos fazer um plano para mudar nossa prática, se as críticas procedem. Se não têm fundamento, vindas como que de cães que ladram a toa, sigamos com a nossa caravana.

imagem via Facebook

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for 9 conselhos para quando nos criticam

Deixe o seu comentário