Darwin não tinha razão: o novo visual de Silas Malafaia


x
A montagem com Malafaia em 2 momentos diferentes foi feita com o objetivo de mostrar a mudança dele em relação à teologia da prosperidade. Além do inclassificável alfinete de gravata, dá pra ver que ele matou algumas aulas de geografia. Malafaia fala “no” Zâmbia e na Guiné, juro,  “abissal”. #cataploft Dá zero pra ele…

No programa de hoje, Malafaia assustou muitos espectadores. Desta feita, nada a ver com o habitual histrionismo de sua versão gospel do Ratinho. Ele apareceu alaranjado como a Valesca Popozuda e com um implante capilar que deixou a cabeça dele quadrada, o que é praticamente 1 pleonasmo.

Algumas sugestões para as próximas mudanças: depilar o discurso preconceituoso e repleto de chavões; tomar 1 banho de cultura geral;  abandonar referências “teológicas” como Mike Murdoch e Morris Cerullo; ler bons escritores como C.S. Lewis e Chesterton para tentar aclarar as ideias obscuras e obscurantistas… Enfim, acho que só na Jerusalém celestial.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Darwin não tinha razão: o novo visual de Silas Malafaia

1 Comentário

  1. Judithalm disse:

    Se ele der essa lustrada no intelecto, perderá o programa na televisão, os holofotes da mídia nada esclarecida que acha que ele é porta voz de qualquer coisa além de si mesmo. Afinal, pessoas que leram (e entenderam, por favor!) C.S. Lewis e Chesterton não vão partir pra cima dos bolsos de velhinhas e velhinhos de boa vontade pela televisão para bancar seus projetos megalomaníacos. #prontodecretei. rsrsrsrs

Deixe o seu comentário