PM preso com R$ 11 mil na cueca utiliza Twitter dentro da prisão para declarar amor pela Mulher Filé

Publicado originalmente no UOL

O cabo da Polícia Militar Márcio Roberto Cunha Soares, flagrado com R$ 11 mil na cueca após ser preso por atirar contra quatro veículos em um posto de gasolina na zona oeste do Rio de Janeiro, publicou uma mensagem em seu Twitter, nesta terça-feira (5), na qual declara seu amor pela namorada, a funkeira Yani Simone, conhecida como Mulher Filé.

O cabo está detido no Batalhão Especial Prisional (BEP) há dois dias. O oficial responsável pela carceragem, tenente-coronel Wilson Gonçalves, apreendeu o telefone móvel do suspeito e abriu uma investigação interna para avaliar se o PM fez uso de algum tipo de regalia concedida pelos agentes penitenciários do BEP.

A mensagem foi apagada nesta tarde. Utilizando a conta do namorado, a funkeira Yani Simone postou um “tweet”, por volta de 2h de hoje, com o intuito de pedir “ajuda” dos fãs, e afirmou que “não vai mais se passar por ele”. No entanto, a cantora não esclareceu se ela foi responsável ou não pela publicação que deu origem à investigação interna do BEP.

Após a mensagem, a Mulher Filé convidou os seguidores de Soares na rede social para participar de uma twitcam –ferramenta de bate-papo por vídeo.

O advogado de Márcio Roberto Cunha Soares, René Rocha, planeja entrar com um pedido de habeas corpus após o feriado de Corpus Christi.

A princípio, o PM responderá por disparo de arma de fogo, desobediência –já que teria se negado a largar a sua arma no momento da abordagem, segundo informações da polícia–, e danos materiais.

Tiroteio em posto de gasolina

O namorado da Mulher Filé foi detido, na madrugada deste domingo (3), após se envolver em uma confusão que terminou com tiroteio dentro de um posto de gasolina no bairro de Vicente de Carvalho, no subúrbio do Rio. Não houve feridos.

Irritado com o som automotivo de um grupo de amigos, o PM teria atirado contra esse e outros três veículos que abasteciam no estabelecimento, segundo a investigação inicial. Os jovens teriam se recusado a reduzir o volume da música.

Durante a revista, os agentes que efetuaram a prisão descobriram R$ 11 mil escondidos na cueca do atirador –que é namorado da funkeira Yani Simone, conhecida como Mulher Filé.

De acordo o boletim de ocorrência registrado na delegacia de Vicente de Carvalho (27ª DP), o policial militar afirmou que o dinheiro era, na verdade, um “cachê” da namorada, que costuma se apresentar em bailes funk. Ela confirmou a versão e o valor já foi devolvido.

Os carros alvejados já foram encaminhados para perícia do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE), assim como a arma apreendida em posse do PM. O setor de investigação da 27ª DP solicitará ao posto de gasolina as imagens registradas pelas câmeras de segurança.

Segundo a Polícia Civil, Soares já teve seu nome envolvido em outras duas ocorrências, em 2006 e 2010.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for PM preso com R$ 11 mil na cueca utiliza Twitter dentro da prisão para declarar amor pela Mulher Filé

Deixe o seu comentário