Mulher de executivo da Yoki confessa ter matado e esquartejado o marido

Elise Ramos Kitano Matsunaga, 38, suspeita de ter matado o executivo da Yoki Marcos Kitano Matsunaga, 42

André Caramante, na Folha.com

Elise Ramos Kitano Matsunaga, 38, confessou em depoimento à polícia, nesta quarta-feira, ter matado e esquartejado o marido, Marcos Kitano Matsunaga, 42, diretor-executivo da empresa de alimentos Yoki. Ele está presa desde a noite de segunda-feira (4) e ainda era ouvida por volta das 13h10 desta quarta.

Esse é o primeiro depoimento prestado por Elise, que até então negava qualquer envolvimento no crime. A polícia, porém, já havia dito que as investigações apontam que Marcos traía a mulher e que o crime teve motivação passional. A polícia também suspeita que Elise tenha tido ajuda para desovar o corpo.

O empresário havia desaparecido no dia 20 de maio. No dia seguinte, o primeiro pedaço de corpo foi encontrado. A última parte a ser encontrada foi a cabeça, que permitiu que o reconhecimento da vítima fosse feito pelo seu irmão no dia 28.

A SSP (Secretaria de Segurança Pública) havia informado mais cedo que a polícia pedirá ainda hoje a prorrogação da prisão de Elise.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Mulher de executivo da Yoki confessa ter matado e esquartejado o marido

Deixe o seu comentário