Preso por excesso de velocidade, motorista justifica: ‘Deus estava ao volante’

Fernando Moreira, no Page not Found

Um homem de 29 anos parado pela polícia na Califórnia (EUA) por excesso de velocidade justificou a infração de uma forma bem inusitada: “Deus estava ao volante”.

Vardan Aslanyan foi perseguido pela polícia e atingiu velocidade de 150 km/h. A fuga só acabou quando ele bateu em dois carros em uma estrada em Hollywood, informou a emissora KTLA.

Levado para uma delegacia, Vardan alegou ser um “anjo”.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Preso por excesso de velocidade, motorista justifica: ‘Deus estava ao volante’

Deixe o seu comentário