Garoto da capa de disco do Placebo quer processar banda

Capa do disco de estreia do Placebo, com David Fox aos 12 anosFoto: Reprodução

Capa do disco de estreia do Placebo, com David Fox aos 12 anos Reprodução

Publicado originalmente em O Globo

O garoto que aparece na capa do álbum de estreia do Placebo quer processar a banda por ter “arruinado a sua vida”. Em 1996, David Fox tinha apenas 12 anos quando a foto tirada por um primo foi parar em todas as lojas de disco do Reino Unido. Ele disse ao jornal inglês The Times que passou a sofrer bullying após a exposição, eventualmente sendo obrigado a abandonar a escola.

“Em uma semana estava nas lojas. Eu estava com a minha mãe no metrô e vi um anúncio com a minha cara”, disse o rapaz ao The Times, “(Na escola) ninguém me queria por perto. Até os professores me chamavam no canto para perguntar o que significava aquela capa”.

O primo que levou sua foto, revelou mais tarde por telefone que a imagem havia sido licenciada para o disco do Placebo. O álbum traz os sucessos “Come home”, Nancy boy”, “Teenage angst” e “36 degrees” e chegou ao número 5 das paradas britânicas.

“Meu irmão tinha acabado de morrer e um primo de Londres veio nos visitar. Ele era um fotógrafo profissional e tirou algumas fotos pessoais da família”, revela Fox, alegando que não deu o consentimento para o uso da imagem.

O rapaz de 28 anos pretende entrar com um processo contra a banda no mês que vem, usando as economias de sua mãe e “todo dinheiro que consiga juntar”. Após deixar a escola, ele acabou se formando como chef, mas atualmente está desempregado.

Os agentes da banda disseram ao Times que Foz deve abrir o processo contra a Virgin, selo que lançou o álbum, e não contra os músicos.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Garoto da capa de disco do Placebo quer processar banda

Deixe o seu comentário