As placas mais bizarras de São Paulo

Publicado originalmente na Época 

Na Praça Alfredo Paulino, entre a Frederico Abranches e Sebastião Pereira, na Santa Cecília, vemos a placa no mínimo curiosa. Será que a venda de árvores é um negócio em alta na cidade? Atenção, empresários, surge um novo negócio!

Em Santana, na zona norte, a procura por dois cachorros “puldos” comove os transeuntes… ou não.

Você ouviu, depois não reclame.


Com um jeitinho vintage, a farmácia do Zezinho informa a todos na rua Maria Candida, na Vila Guilherme, que para os males não curados pelos remédios, há sempre uma alternativa.

Esperamos que os motoristas que passam pela esquina da rua Salto com a avenida Brigadeiro Luis Antonio, no Jardim Paulista, conheçam bem o trecho, pois se tiverem que depender da sinalização…


E disse o profeta: “Recuem, mosquitos!”


O ex-presidente que dá nome ao elevado, ganha outra definição aqui… Photoshop?

A placa da CET, em frente à Escola Municipal Duque de Caxias, na Praça Doutor Mário Margarido, também foi “customizada”.

Algo mais?

 

Esta fica no bairro do Jaguaré, na entrada do estacionamento. Como assim?

 

E se depois de se esgoelar, nada mais der certo…

 

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for As placas mais bizarras de São Paulo

Deixe o seu comentário